Início Futebol Taça Libertadores Libertadores: Boca Juniors e Santos ‘anulam-se’ na Argentina

Libertadores: Boca Juniors e Santos ‘anulam-se’ na Argentina

304
0
Boca Juniors e o Santos empataram na quarta-feira a zero na Argentina, em encontro da primeira mão das meias-finais da Taça Libertadores em futebol, adiando tudo para o embate da Vila Belmiro.

No mítico La Bombonera, em Buenos Aires, sem público devido à pandemia da covid-19, argentinos e brasileiros disputaram um encontro muito equilibrado, com poucas oportunidades de golo, a melhor para os locais, já aos 90+5 minutos, por Jara.

Face ao ‘nulo’, num dos redutos onde encantou Diego Armando Maradona, a eliminatória será decidida na próxima quarta-feira, no Brasil, na ‘casa’ de Pelé.

O central Lucas Veríssimo, que poderá reforçar o Benfica, foi titular no Santos, saindo lesionado aos 84 minutos, enquanto, nos argentinos, jogaram de início dois ex-benfiquistas, o central Lisandro López e o extremo Eduardo Salvio.

Publicidade

O Boca procura a 12.ª final, depois de ter somado a 11.ª em 2018, e o sétimo título, após as vitórias em 1977, 1978, 2000, 2001, 2003 e 2007, enquanto o Santos persegue a quinta final e o quarto cetro, tentado repetir 1962, 1963 e 2011.

No outro jogo da primeira mão das meias-finais, o Palmeiras, comandado pelo treinador português Abel Ferreira, deu na terça-feira um passo de gigante rumo à final, ao bater fora o River Plate por 3-0, na primeira mão das meias-finais.

Em Avellaneda, casa emprestada dos ‘milionários’, Rony (27 minutos), Luiz Adriano (47) e Matias Viña (62) apontaram os tentos do ‘verdão’, que procura o segundo título, depois do arrebatado em 1999, e a quinta final, repetindo também 1961, 1968 e 2000.

Abel Ferreira está, assim, mas perto de reeditar, 22 anos depois, o feito único dos comandados do ex-selecionador luso Luiz Felipe Scolari e de somar o segundo título consecutivo de um treinador português, sucedendo ao Flamengo, de Jorge Jesus.

O encontro da segunda mão realiza-se na terça-feira, no Allianz Parque, em São Paulo, onde o conjunto de Abel Ferreira até pode chegar à final do Maracanã, no Rio de Janeiro, em 30 de janeiro, perdendo por dois golos.

Artigo anteriorEsch/Alzette: Alcoolizado provoca “confusão” nas urgências do CHEM!
Próximo artigoCientistas da UC desenvolvem ferramenta inovadora para combater um dos cancros pediátricos mais comuns

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui