Início Saúde Covid-19: Centro Hospitalar Tondela-Viseu atingiu o limite

Covid-19: Centro Hospitalar Tondela-Viseu atingiu o limite

197
0

Os hospitais da região Centro estão praticamente no limite por causa do combate à pandemia da covid-19, mas a situação mais crítica verifica-se no Centro Hospitalar Tondela-Viseu, em que as taxas de ocupação atingiram os 100%, disse a Administração Regional de Saúde.

Fonte do gabinete de comunicação da Administração Regional de Saúde do Centro (ARSC) disse à agência Lusa que foi por isso mesmo que se providenciou um hospital de campanha no Fontelo, em Viseu, para responder à situação.

A mesma fonte adiantou que está também a ser preparada a abertura do antigo Hospital Militar de Coimbra, entretanto reclassificado de Centro de Saúde, que tem capacidade para 36 camas, embora “não sejam abertas todas ao mesmo tempo”.

Publicidade

Segundo a ARSC, a abertura do Centro de Saúde Militar resulta de uma parceria com o Exército, a Proteção Civil e a Cruz Vermelha Portuguesa.

Às 23:59 de domingo, os hospitais da região Centro contabilizavam 1.164 internados com covid-19, dos quais 115 em unidades de cuidados intensivos.

De acordo com a ARSC, na mesma data registava-se uma taxa de ocupação de 93% em enfermarias para doentes covid-19 e 89% em unidades de cuidados intensivos.

No domingo, registaram-se na região Centro 24 óbitos em ambiente hospitalar, 118 admissões de novos doentes, uma alta hospitalar em unidade de cuidados intensivos e 24 altas médicas de enfermarias com doentes covid-19.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.022.740 mortos resultantes de mais de 94,4 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 8.861 pessoas dos 549.801 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.