Início Saúde Covid-19: Alemanha regista recorde com 1.244 mortes em 24 horas

Covid-19: Alemanha regista recorde com 1.244 mortes em 24 horas

163
0

A Alemanha registou um novo recorde com 1.244 mortes em 24 horas e 25.164 novas infeções diárias, segundo dados do Instituto Robert Koch (RKI), atualizados hoje durante a madrugada.

O número de casos positivos desde o anúncio do primeiro contágio no país é de 1.978.590 e o número de mortes já alcançou os 43.881.

Na Alemanha, a incidência acumulada nos últimos sete dias é de 151,2 casos por 100.000 habitantes e as novas infeções totalizaram 125.749 na última semana.

Publicidade

O pico de incidência foi registado em 22 de dezembro com 197,6 novas infeções por 100.000 habitantes numa semana.

Na quarta-feira, o número de pacientes com covid-19 nos cuidados intensivos era de 5.185 (45 a menos em relação ao dia anterior), dos quais 2.970 estão a receber respiração assistida, segundo dados do a Associação Interdisciplinar Alemã de Cuidados Intensivos e Medicina de Emergência (DIVI).

Em um dia, 621 novas admissões de pacientes com covid-19 foram registados nos cuidados intensivos e 666 pessoas deixaram este tipo de cuidados, correspondendo a 32% de óbitos, especificou o RKI no seu levantamento diário.

O fator de reprodução (R) que leva em consideração as infeções em um intervalo de sete dias é 1,02 na Alemanha, o que significa que cada 100 infetados contagia uma média de 102 outras pessoas.

Desde 26 de dezembro, o número de pessoas que já receberam a primeira dose da vacina covid-19 na Alemanha subiu para 758.093, o que corresponde a 9,1 indivíduos por mil habitantes.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1,9 milhões de mortos resultantes de mais de 91,5 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 8.236 pessoas dos 507.108 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.