Início Comunidades MP acusa três arguidos de sete assaltos a residências de emigrantes e...

MP acusa três arguidos de sete assaltos a residências de emigrantes e idosos em Cabeceiras de Basto

438
0
Foto: CMTV

O Ministério Público acusou três arguidos por sete assaltos a residências na freguesia de Gondiães, Cabeceiras de Basto, pertencentes a emigrantes ausentes no estrangeiro ou onde viviam pessoas sozinhas, anunciou hoje a Procuradoria-Geral Regional do Porto.

Em nota publicada na sua página, aquela procuradoria refere que os assaltos decorreram entre janeiro e maio de 2019.

Segundo a acusação, os assaltos foram praticados por um dos arguidos, que teve intervenção em todos eles.

Publicidade

Os outros dois arguidos colaboraram em dois assaltos.

O assalto em que participaram os três arguidos ocorreu na noite de 21 de janeiro e teve como alvo uma residência em eu vivia uma idosa sozinha.

Entraram na casa por uma janela, usando um escadote, abordaram a idosa ameaçando-a com um objeto parecido com uma pistola e levaram o ouro que a vítima trazia consigo e o dinheiro que tinha em casa.

O principal arguido responde por seis crimes de furto qualificado, um dos quais na forma tentada, um crime de roubo qualificado, um crime de dano e um crime de introdução em lugar vedado ao público.

Dos outros dois arguidos, um está acusado de um crime de furto qualificado e de um crime de roubo qualificado e o outro de um crime de roubo qualificado.

Artigo anteriorCovid-19: UE adquire mais 100 milhões doses da vacina da Pfizer-BioNTech
Próximo artigoCovid-19: França regista mais de 11 mil novos casos e estuda novas medidas regionais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui