Início Saúde Covid-19: Espanha com 267 mortes, o maior número diário da segunda vaga

Covid-19: Espanha com 267 mortes, o maior número diário da segunda vaga

185
0

Espanha registou hoje mais 267 mortes com a covid-19, o número diário mais elevado da atual segunda vaga da pandemia, alcançando um total de 35.298 óbitos, segundo números divulgados pelo Ministério da Saúde espanhol.

As autoridades sanitárias também contabilizaram 18.418 novos casos de covid-19, elevando para 1.116.738 o total de infetados no país.

A região de Madrid, a mais atingida desde o início da pandemia, tem hoje mais 2.185 casos de contágio e um total de 298.823.

Publicidade

Deram entrada nos hospitais com a doença nas últimas 24 horas 2.101 pessoas, das quais 444 na Catalunha, 370 na Andaluzia e 285 em Madrid.

Em todo o país há 16.696 pessoas hospitalizadas com a doença, das quais 2.292 pacientes em unidades de cuidados intensivos.

O nível de incidência acumulada em Espanha subiu hoje para 436 casos diagnosticados por 100.000 habitantes nos últimos 14 dias, sendo as regiões com os níveis mais elevados a de Navarra (1.142), Melilla (1.130), Aragão (872), Rioja (701), Castela e Leão (685), Catalunha (629) e País Basco (511).

O Governo espanhol decretou no domingo o estado de emergência sanitária em todo o país durante quinze dias, o que dá a cada comunidade autónoma a cobertura jurídica necessária para tomarem medidas para tentar contrariar a progressão da pandemia.

Em Espanha, o setor da saúde está descentralizado e são as 17 comunidades e as duas cidades autónomas que têm competências nesta área.

Vários governos regionais foram rápidos a utilizar o estado de emergência para tentar conter uma pandemia desenfreada, e aos confinamentos ao nível de regiões ou de municípios acrescentaram-se uma série de restrições que afetam as reuniões de pessoas, as empresas e principalmente a restauração.

Já não é possível entrar ou sair, exceto em casos justificados, de Aragão, País Basco, Navarra, La Rioja e Astúrias, e outras comunidades estão a considerar o confinamento regional devido à proximidade de vários feriados.

A maioria dos executivos regionais aplicou o recolher obrigatório previsto no estado de emergência – das 23:00 às 6:00 – embora a Catalunha, Castela e Leão, La Rioja e Melilla tenham antecipado em uma hora e Madrid, a Comunidade Valenciana, Extremadura, Astúrias e Cantábria tenham optado por estender a margem e permitir a circulação até à meia-noite.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,1 milhões de mortos no mundo desde dezembro do ano passado, incluindo 2.371 em Portugal.

Na Europa, o maior número de vítimas mortais regista-se no Reino Unido (45.365 mortos, mais de 917 mil casos), seguindo-se Itália (37.700 mortos, mais de 564 mil casos), França (35.018 mortos, mais de um 1,1 milhões de casos) e Espanha (35.298 mortos, mais de 1,116 milhões de casos).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.