Início Saúde Covid-19: Brasil ultrapassa 158 mil mortes após somar 510 óbitos em 24...

Covid-19: Brasil ultrapassa 158 mil mortes após somar 510 óbitos em 24 horas

160
0

O Brasil ultrapassou hoje a barreira das 158 mil mortes (158.456) devido à covid-19, após ter contabilizado 510 óbitos nas últimas 24 horas, informou o Ministério da Saúde brasileiro.

As autoridades de Saúde do país investigam ainda a eventual relação de 2.361 mortes com a doença, que tem uma taxa de letalidade de 2,9% no Brasil.

Em relação ao número de infeções, 28.629 novos casos foram registados entre terça-feira e hoje, num total de 5.468.270 pessoas diagnosticadas desde o início da pandemia, cujo primeiro caso no país foi apontado em 26 de fevereiro.

Publicidade

No momento, 4.934.548 pacientes já recuperaram da covid-19 em território brasileiro, enquanto que 375.266 infetados permanecem sob acompanhamento médico.

São Paulo concentra 1.103.582 casos do novo coronavírus, sendo o estado com mais infeções, seguido por Minas Gerais (353.311), Bahia (349.711), e Rio de Janeiro (306.672).

As unidades federativas com mais mortes são São Paulo (39.007), Rio de Janeiro (20.376), Ceará (9.325) e Minas Gerais (8.872).

Para as estatísticas de vítimas mortais do Brasil entrou hoje a mãe de Rosângela Silva, namorada do ex-presidente Lula da Silva, que morreu em São Bernardo do Campo, aos 80 anos, devido a complicações decorrentes da covid-19.

A informação foi confirmada pela assessoria do antigo chefe de Estado, que indicou que a idosa, que morava com a filha e com Lula da Silva, contraiu a doença após ser internada devido a uma infeção urinária.

“Todos os que conviviam com dona Vani Ferreira, inclusive Rosângela Silva e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, fizeram vários testes para covid-19 nas últimas semanas, desde que a doença foi diagnosticada. Todos os testes deram resultado negativo”, acrescentou a assessoria em comunicado.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,1 milhões de mortos e mais de 44 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.