Início Emprego Amazon quer mais cem mil trabalhadores para responder ao aumento de procura...

Amazon quer mais cem mil trabalhadores para responder ao aumento de procura devido a Covid-19

830
0
A Amazon anunciou que quer reforçar as equipas que tratam dos armazéns e das entregas com mais cem mil trabalhadores para fazer face à elevada procura provocada pelo Covid-19

Além da contratação de mais cem mil funcionários, a empresa de Jeff Bezos anunciou ainda um aumento de dois dólares por hora para os trabalhadores dos EUA até abril. Estas são as medidas encontradas pela Amazon para fazer face ao aumento da procura que os consumidores estão a originar devido ao surto do novo coronavírus. Cada vez mais pessoas recorrem às compras online nestes tempos de isolamento social e quarentena um pouco por todo o mundo. Na sexta-feira, a gigante do retalho eletrónico explicou que seriam expectáveis atrasos nas entregas e que já se registava o esgotamento de alguns dos bens mais procurados.

As autoridades reforçam os conselhos de se manterem as pessoas confinadas dentro de portas e desaconselham a permanência em grandes grupos de pessoas. Com um número crescente de estabelecimentos fechados, os consumidores viram-se para as alternativas eletrónicas, nomeadamente em compras online ou encomendar refeições pela Internet. Esta mudança de hábitos e encerramentos forçados fazem com que existam trabalhadores a serem dispensados do seu trabalho e sem ordenado nos próximos tempos, mão de obra que a Amazon pretende captar para reforço das suas equipas, explica o The Verge.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.