Início Desporto Golf Open de Portugal: Dois campeões de torneios de Grand Slam e 30...

Open de Portugal: Dois campeões de torneios de Grand Slam e 30 jogadores com 71 títulos do European Tour nos greens

1024
0

O 55º Open de Portugal decorre de 11 a 14 de maio, no Morgado Golf Course, em Portimão. Mike Weir, que se estreia nos greens nacionais, Paul Lawrie vencedor de Torneios Grand Slam, e Andy Sullivam, 64º do ranking mundial, são as principais figuras de um torneio que regressa à elite europeia sete anos depois e que atribui meio milhão de euros em prémios monetários. Portugueses Ricardo Melo Gouveia, Filipe Lima e Ricardo Santos com entrada direta no Open.

Dois campeões de torneios do Grand Slam e 30 jogadores que já venceram 71 títulos do European Tour. É este o cartaz do 55º Open de Portugal que se realiza de 11 a 14 de maio, no Morgado Golf Course, em Portimão. O torneio de meio milhão de euros em prémios monetários tem o formato de “dual ranking”, ou seja, é pontuável para o “European Tour” e para o “Challenge Tour”.

No regresso do Open de Portugal sete anos depois à primeira divisão europeia, destaque para a presença do canadiano Mike Weir, que se estreia nos greens nacionais e para o escocês Paul Lawrie, presença habitual nos torneios portugueses.

Publicidade

Com 46 anos, Mike Weir, tem um vasto curriculum, tendo chegado a top 3 no ranking mundial e tendo permanecido 110 semanas no top 10. Foi campeão do Masters Tournament (Masters de Augusta em 2003), um título dos World Golf Championships (American Express Championship), cinco presenças na seleção do Resto do Mundo (Internacional) que defrontou os Estados Unidos na Presidents Cup, oito títulos do PGA Tour (o mais forte circuito do Mundo).

Paul Lawrie, 48, antigo campeão do British Open (1999), tem oito títulos do European Tour e integrou por duas vezes a seleção europeia da Ryder Cup (venceu a de 2012). Foi vice-campeão em 2005 no Open de Portugal e terminou, em outubro passado, o Portugal Masters no 5º lugar.

O inglês Andy Sullivan, 29 anos, é outra das atrações do Open de Portugal. No ano passado estreou-se a jogar pela Europa na Ryder Cup, e tem três títulos do Europen Tour, de que se destaca o de vice-campeão do Portugal Masters. Dos 156 jogadores é aquele que apresenta melhor ranking mundial: 64º lugar.

A partir de 11 de maio o Morgado Golf Resort é palco de inúmeros jogadores com créditos firmados a nível internacional e com vasto palmarés. Há dois títulos de Majors, os dois jogadores de Ryder Cup, um vencedor da Taça do Mundo de profissionais, sete jogadores classificados no top-100 da Corrida para o Dubai do European Tour, cinco antigos campeões do Portugal Masters, quatro antigos vencedores do Madeira Islands Open BPI; dois antigos titulares do Open de Portugal, quatro ex-n.º1 do ranking do Challenge Tour e os dois campeões dos dois torneios do Challenge Tour disputados em 2017. Dos jogadores cotados no top-100 do European Tour, o melhor classificado na “Corrida para o Dubai” é o sul-africano Dylan Frittelli, 18º lugar.

O olímpico Ricardo Melo Gouveia e Filipe Lima, um dos 30 jogadores presentes que já venceu um torneio do European Tour, e Ricardo Santos têm entrada direta no Open.

Entretanto, a Federação Portuguesa de Golfe anunciou na passada sexta-feira a atribuição de um convite a Tomás Melo Gouveia, o irmão mais novo de Ricardo e recém-coroado campeão nacional amador.

O Open de Portugal decorre no Morgado Golf Resort é organizado pela Federação Portuguesa de Golfe, PGA de Portugal e pelo Grupo Nau Hotels & Resorts. Conta para o ranking mundial, a Corrida para o Dubai do European Tour e a Corrida para Omã do Challenge Tour.

Artigo anteriorCientistas descobrem hominídeo que partilhou África com os primeiros humanos
Próximo artigoTyler, The Creator cancela digressão europeia que inclui passagem pelo SBSR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui