Início Turismo 5 Praias fluviais

5 Praias fluviais

4812
0

1. Praia Fluvial Foz de Égua

Fonte: Câmara Municipal de Arganil
Fonte: Câmara Municipal de Arganil

 

Bem no alto da serra do Açor, na estrada da Aldeia do Piódão e depois de passar a Aldeia de Chãs de Éguas podemos encontrar este belíssimo oásis natural. Um pequeno açude que foi sendo criado com a bifurcação das ribeiras de Chãs e do Piódão, e que resultou numa paisagem sem igual, como podemos ver pela imagem.

Publicidade

2. Praia Fluvial de Loriga

praia_fluvial_loriga
Fonte: Câmara Municipal de Seia

Situada no curso da Ribeira de Loriga, que nasce no planalto superior da serra da Estrela, a praia fluvial de Loriga distingue-se por ser a única praia portuguesa situada num vale glaciário e pelas suas águas puras e cristalinas, muito procuradas e apreciadas por banhistas e cuja qualidade tem sido atestada pela atribuição do galardão de ouro, uma menção atribuída pela Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza. Esta praia foi também umas das finalistas das “7 Maravilhas – Praias de Portugal”, na categoria de Praias Fluviais.

3. Praia Fluvial do Reconquinho

Fonte: Turismo Centro de Portugal
Fonte: Turismo Centro de Portugal

A Praia do Reconquinho situa-se em pleno Rio Mondego na área em que o rio serpenteia à volta da Vila de Penacova, por entre montes e vales. Envolta numa paisagem natural verdejante a Praia do Reconquinho proporciona uma excelente vista sobre Penacova de onde se pode deslocar a pé, descendo a colina.

4. Praia Fluvial do Alamal

Fonte: Câmara Municipal do Gavião
Fonte: Câmara Municipal do Gavião

A praia fluvial da Quinta do Alamal é um daqueles lugares concebidos pela magia da Mãe Natureza.
As águas do Tejo encontram neste recanto, um abrigo, um lugar de descanso na sua caminhada para o mar.
O extenso areal da praia é bordejado por arvoredo, frondoso, as madressilvas enleiam-se pelos medronheiros carregados de frutos vermelhos, os cheiros doces dos botões de ouro, da murta, dos lírios selvagens, espalham-se pelos ares na orvalhada das manhãs, os amieiros, os freixos, os salgueiros, espelham-se nas águas límpidas do rio.

5. Praia Fluvial do Agroal

agroal_nascente
Nascente do Agroal com banhistas.

Das águas frias termais do Rio Nabão nasceu a praia fluvial do Agroal, numa piscina fluvial construída para relaxar nas águas frias da nascente do Agroal, que tem uma profundidade entre 0.90m e 2.70m pertencente à freguesia de Formigais, concelho de Ourém. Esta caracteriza-se pela água limpinha, mas também muito fria. O rio Nabão é um afluente do Zêzere. Nasce na freguesia de Ansião, na localidade de Olhos de Água, e a ele junta-se, mais abaixo, a nascente do Agroal. Tem uma extensão de 665Km. GPS 39.679065, -8.436291.

Artigo anteriorChamas estão a destruir uma das maiores áreas de pinhal de Góis
Próximo artigoJoão Rodrigues recebe bandeira das mãos de Marcelo e destaca simbolismo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui