Início Crime Polícia europeia lança lista dos “mais procurados”

Polícia europeia lança lista dos “mais procurados”

7968
0

As forças policiais europeias lançaram esta sexta-feira uma página na internet com os “mais procurados” na Europa, uma lista de 45 suspeitos que inclui o alegado autor dos atentados de novembro em Paris Salah Abdeslam.

“O ‘site’ vai permitir partilhar informações sobre criminosos procurados, que foram condenados ou são suspeitos de crimes graves ou de atos terroristas na Europa”, lê-se num comunicado da agência de polícia europeia, Europol.

A lista inclui para já 45 suspeitos, mas vai ser atualizada regularmente, segundo o comunicado, que sublinha ser “a primeira iniciativa europeia para apresentar uma lista de fugitivos procurados numa plataforma comum”.

Publicidade

O ‘site’, disponível em www.eumostwanted.eu, apresenta uma fotografia de cada um dos suspeitos, uma descrição das alegações de que são objeto e o contacto da força policial que o procura.

“Informações úteis”

“A partir de hoje, os cidadãos da U E e de outros países podem dar informações úteis através do ‘site'”, nomeadamente de forma anónima, acrescenta o comunicado da agência sedeada em Haia.

Salah Abdeslam, 1,75 m, olhos castanhos, procurado por terrorismo, é descrito como um “indivíduo armado e muito perigoso”.

Da lista consta também o italiano Matteo Messina Denaro, da máfia italiana da ‘Cosa Nostra’, procurado pelo homicídio de um rapaz, filho de um membro de uma organização rival, ou o francês Jean-Claude Lacote, condenado à revelia na Bélgica pelo homicídio de um britânico e procurado desde que se evadiu de uma prisão sul-africana com a ajuda de dois guardas e da namorada belga, considerado “violento e muito perigoso”.

Uma mulher, Marina Cecilia Kettunen, 29 anos, finlandesa, consta da lista pela acusação de “fraude agravada envolvendo uma quantia significativa de dinheiro”.

Outro fugitivo na lista é o italiano Ernesto Fazzalari, 45, procurado pela polícia por ser uma “figura-chave do clã mafioso Avignone-Zagari-Viola”, acusado de três homicídios e descrito como um “assassino sem escrúpulos”.

O ‘site’, disponível em 17 línguas, foi lançado pela ENFAST1 (European Network of Fugitive Active Search Teams), uma rede europeia de polícias especializados na localização e detenção de fugitivos, com a colaboração da Europol.

O lançamento da lista dos “mais procurados” ocorre menos de três meses depois dos atentados de 13 de novembro em Paris, que fizeram 130 mortos, na sequência dos quais as autoridades europeias foram fortemente criticadas por alguns dos autores dos ataques terem conseguido entrar em França apesar de serem procurados pelas autoridades.

Artigo anteriorLuxemburgo: 5 “dealers” detidos em Hollerich
Próximo artigoSuiça: Sete bailarinos lusófonos selecionados para a competição Prix de Lausanne

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui