Início Desporto Dakar Organização anula etapa e Paulo Gonçalves continua no Dakar

Organização anula etapa e Paulo Gonçalves continua no Dakar

895
0

Paulo Gonçalves, afinal, não disse adeus ao Dakar. Apesar de ter ficado sem motor, o piloto português beneficiou da decisão da organização em cancelar a segunda parte da etapa desta terça-feira, por motivos de segurança. Quarta-feira volta à competição.

A informação foi confirmada ao JN pela assessoria da Honda. A notícia foi conhecida pouco mais de uma hora depois de ter sido avançado o abandono do piloto português, devido a “uma avaria mecânica” da Honda CRF 450 Rally.

“A organização anulou a etapa após o controlo número 2. Como o Paulo Gonçalves passou esse controlo, continua em prova”, explicou Hugo Oliveira Santos da assessoria do piloto português.

Publicidade

Uma decisão que beneficia Paulo Gonçalves, que estava já dado como afastado do Dakar, depois de “uma avaria mecânica”. O motor da Honda CRF 450 Rally cedeu “depois de alguns quilómetros percorridos sem refrigeração devido ao embate de um pau que furaria o radiador”.

Paulo Gonçalves está a ser rebocado pelos companheiros da Honda. Vai ter de trocar de motor, provavelmente com um colega de equipa, e quarta-feira volta à competição.

Como se trata de uma tirada maratona, dividida em duas etapas, qualquer reparação nas motos terá de ser feita sem auxílio externo.

“Será penalizado em 15 minutos, pela troca de motor, mais o tempo perdido na etapa, mas continua em prova e a lutar por um lugar, pelo menos, no top cinco, até porque estava bem classificado”, disse Hugo Oliveira Santos, sustentando a vontade do piloto patrocinado pelo Benfica em lutar por um lugar no pódio final da corrida. “Ainda faltam cinco dias de prova, vamos lutar por isso”, acrescentou.

 

Artigo anteriorFutsal: Jorge David (ex-Samba Seven) assina pelo FC Differdange
Próximo artigoAndorra: Português detido por suspeita de assalto à mão armada

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here