Início Sci-Tech Astronomia Cometa Catalina pode ser visto durante a única passagem junto à Terra

Cometa Catalina pode ser visto durante a única passagem junto à Terra

1624
0

Este cometa notável tem duas caudas e nunca mais passará perto da Terra.

É um traço de verde brilhante e está prestes a fazer uma aparição uma-vez-na-vida, pois aproxima-se da nossa Terra: o Cometa Catalina, em toda a sua glória.

Este objeto cósmico notável, na verdade tem duas caudas, e estará a fazer a sua primeira e única viagem pelo sistema solar interno – depois ele vai desaparecer, para nunca mais ser visto a partir da Terra, de acordo com um relatório da CBC.

Publicidade

É um cometa da nuvem de Oort descoberto em 31 de outubro de 2013 pelo Catalina Sky Survey, mas foi um “empurrão gravitacional”, uma interação com uma estrela próxima, que o enviou para a nossa vizinhança pela primeira e última vez.

O Cometa Catalina, ou C/2013 US10, tem sido visível desde o final de novembro, no hemisfério norte. O Observatório Astronómico de Lisboa (OAL), no seu guia para o céu noturno em janeiro, explica que é com dificuldade que se vê o Catalina a olho nu, mas também não é preciso telescópio: o cometa pode ser observado com binóculos. O pico da sua visibilidade vai chegar a 17 de janeiro.

O cometa aparecerá no horizonte nordeste de madrugada pelas 3 horas na constelação do Boieiro, deslocando-se no final do mês para a constelação da Girafa perto da constelação da ursa menor, onde será visível cada vez mais cedo ao crepúsculo vespertino.

cometaCatalinaJan2016
Céu visível às 3 horas do dia 6/1/2016 em Lisboa mostrando o cometa C/2013 US10 (Catalina). Fonte: Observatório Astronómico de Lisboa

 

Artigo anteriorTurquia: Despiste de autocarro provoca nove mortos e 30 feridos
Próximo artigoLuxemburgo: recolha dos pinheiros de Natal

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui