Início Economia Sete maiores bancos do Reino Unido aprovaram testes de resistência

Sete maiores bancos do Reino Unido aprovaram testes de resistência

681
0

Os sete grandes bancos do Reino Unido aprovaram os testes de resistência, ainda que o Royal Bank of Scotland (RBS) e o Standard Chartered tenham ficado entre os mais fracos, anunciou hoje o Banco de Inglaterra.

Num documento, o banco central britânico sublinha que o Barclays, HSBC, Lloyds Banking Group, Nationwide, RBS, Santander UK e o Standard Chartered têm capital suficiente para fazer frente a uma situação de crise global.

A banca britânica dispõe de capital para “assegurar a economia num cenário global grave”, como pode resultar do declínio económico na China ou uma crise financeira.

Publicidade

O texto – elaborado pela autoridade reguladora do banco, a Prudential Regulation Authority (PRA, siglas em inglês) – indica que o RBS e o Standard Chartered não mostraram fortaleza suficiente de capital, apesar de ambos terem tomado medidas para captar capital, e por isso não lhes foi exigido qualquer novo plano de ação.

Este foi o segundo ano em que o Banco de Inglaterra submeteu as entidades do Reino Unido a testes de resistência para saber se estão em condições de suportar uma crise creditícia, como a que atingiu o país em 2008.

Ao mesmo tempo, o banco central recordou aos bancos que terão de reservar capital para se protegerem no âmbito de uma nova medida, que suporá contar com um capital adicional de 10.000 milhões de libras (14.000 milhões de euros) para toda a banca do país.

Para reunir o fundo – denominada ‘almofada de capital anticíclica – as entidades terão de conseguir benefícios ou vender títulos ou ações para poderem encher a ‘almofada’.

O banco central adianta que as condições do crédito foram recuperadas e as entidades começaram a conceder mais crédito, mas advertiu para a existência de riscos decorrentes do impacto de uma grande subida das taxas de juro ou dos países emergentes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.