Início Mundo África São Tomé e Príncipe: Jovens portugueses criam projeto para ajudar comunidades são-tomenses

São Tomé e Príncipe: Jovens portugueses criam projeto para ajudar comunidades são-tomenses

1163
0

A Organização Não Governamental `We Are Changing Together` (WACT), criada por jovens portugueses, encontra-se neste momento a preparar o Spirit’16, um programa de formação profissional que leva voluntários a criar projetos junto das comunidades de São Tomé e Príncipe.

Em entrevista ao portal Porto24, Nilvalda Reis, da WACT, explica que o projeto Spirit’16 é composto por três componentes, em que o primeiro módulo serve para contextualizar os formandos na realidade de São Tomé, o segundo é um módulo de construção de projeto em que os voluntários desenvolvem uma ideia de proximidade e apoio e, por último, o terceiro módulo consiste no encorajamento aos voluntários para irem para o terreno ajudar as comunidades.

Este ano, aquela ONG trabalhou em São Tomé e Príncipe todos os dias de segunda a sábado, sendo que o domingo ficava livre para que os voluntários pudessem conhecer a ilha.

Publicidade

Ainda dentro do programa Spirit’16, foi criado o projeto ‘Dança à Flor da Pele’ para ocupar os tempos livres dos jovens na ilha. Orquídea, bailarina, explica que quando chega o verão, no final das aulas, os jovens são-tomenses «ficam nas ruas, sem nada para fazer» e que em São Tomé «a cultura da dança é muito visível». «O hip-hop conseguiu juntar pessoas diferentes e promover a paz entre elas. Era a dança como terapia», contou a bailarina.

A WACT trabalha naquele país africano, durante o verão, com jovens dos 6 aos 27 anos, em três comunidades diferentes. As candidaturas de voluntários para o próximo ano já se encontram abertas no site oficial da organização.

Artigo anteriorHollande diz que França e Tunísia «enfrentam a mesma ameaça: terrorismo»
Próximo artigoAnonymous pede ajuda para combater o Estado Islâmico

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui