Início Estilos Moda Portugal Fashion estreia-se em África e leva três criadores à semana de...

Portugal Fashion estreia-se em África e leva três criadores à semana de moda de Moçambique

753
0
ESTELA SILVA/LUSA

Maputo, Moçambique, 06 dez (Lusa) – O Portugal Fashion encerra 2015 com a terceira estreia do ano, chegando na sexta-feira pela primeira vez a África para os desfiles de Miguel Vieira, Roselyn Silva e Micaela Oliveira na semana de moda de Moçambique, em Maputo.

Em antecipação à agência Lusa, a Associação Nacional de Jovens Empresários (ANJE) – entidade responsável pela organização do evento – revela que o Portugal Fashion produz na sexta-feira, no Polana Serena Hotel, em Maputo, os desfiles dos três designers no âmbito da Mozambique Fashion Week.

Com o objetivo de “fortalecer o papel dos mercados lusófonos na sua estratégia de internacionalização”, esta é a primeira vez que o Portugal Fashion pisa solo africano, sendo esta a terceira estreia de 2015, depois de Berlim e Milão.

Publicidade

Aliando a passerelle à vertente de negócio, o desfile dos três criadores será complementado por um conjunto de ações de vocação comercial e empresarial, no âmbito do projeto Next Step, programa de suporte à internacionalização que apoia ‘showrooms’ e estratégias promocionais ao nível das vendas e exportações.

Na opinião do presidente da ANJE, João Rafael Koehler, “não há duas sem três” e no ano de comemoração de duas décadas do Portugal Fashion vão ser deixadas “marcas na história do projeto com a estreia em três mercados”.

“Concretizada a aproximação às Semanas de Moda de Berlim e Milão, fechamos com uma aposta que é estratégica para a moda e para os negócios nacionais: a lusofonia. A Mozambique Fashion Week é um dos mais importantes certames do continente Africano e representa a materialização de um novo ‘drive’ no roteiro internacional do Portugal Fashion”, justificou.

A organização escolheu para esta apresentação em território africano um grupo de criadores “bastante eclético, não apenas no que concerne à componente criativa, mas também no que diz respeito ao perfil de negócios”.

“Optámos por lançar o convite a um criador experiente em semanas de moda estrangeiras e com planos de expansão (Miguel Vieira), a uma criadora cujas criações têm inspiração africana (Roselyn Silva) e também a uma estilista que havia já dado entrada neste mercado (Micaela Oliveira)”, explicou.

Artigo anteriorNove polícias egípcios presos por espancarem homem até à morte
Próximo artigoJá se vota para eleições regionais em França

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui