Início Mundo Terrorismo Polícia britânica investiga ataque no metro de Londres como “ato terrorista”

Polícia britânica investiga ataque no metro de Londres como “ato terrorista”

719
0

Londres, 06 dez (Lusa) – A polícia metropolitana de Londres (MET/Scotland Yard) divulgou hoje que está a investigar como “ato terrorista” o esfaqueamento de três pessoas numa estação do metro de Londres, no sábado, que resultou num ferido grave.

A MET vai investigar as possíveis conexões entre o autor do ataque a grupos terroristas.

De acordo com informações de testemunhas, o atacante gritou “isto é pela Síria”, depois de atacar os passageiros no metro.

Publicidade

Uma das vítimas ficou gravemente ferida e as outras duas sofreram ferimentos ligeiros.

A polícia dirigiu-se à estação de metro de Leytonstone, no leste da capital britânica, às 19:06 horas locais (a mesma em Lisboa) de sábado, depois de ser alertada sobre ataques e ameaças a passageiros.

O agressor, que tinha uma faca com 7,5 centímetros, foi detido às 19:14 horas, após ter sido atingido por um taser (arma de choque).

O chefe do comando antiterrorista da MET, Richard Walton, pede às testemunhas que gravaram o episódio que entrem em contacto com a polícia.

Depois dos acontecimentos, circularam na internet vários vídeos em que se viam detalhes do incidente, incluindo o ataque a uma das vítimas e a chegada da polícia.

A polícia britânica está em alerta principalmente depois do parlamento britânico ter aprovado, na quarta-feira, a ampliação dos bombardeamentos aéreos contra o grupo Estado Islâmico na Síria.

O nível de alerta terrorista no Reino Unido é alto, mantendo-se em severo (o segundo de uma escala de cinco), significando que um atentado é muito provável.

Artigo anteriorRio2016: Rui Bragança garante presença em taekwondo
Próximo artigoEstado Islâmico reivindica atentado que matou governador de Áden, no Iémen

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui