Início Mundo Estado Islâmico Anonymous pede ajuda para combater o Estado Islâmico

Anonymous pede ajuda para combater o Estado Islâmico

1099
0

O Anonymous prometeu guerra ao Estado Islâmico (EI) na internet depois dos atentados perpetrados em Paris, no passado dia 13 de novembro, mas garante que chegou ao ponto limite e que precisa de ajuda.

O grupo de ‘piratas informáticos’, que já colocou offline mais de uma centena de sites de propaganda ao grupo terrorista e ainda 25 mil contas nas redes sociais, diz precisar de mais ajuda, nomeadamente dos serviços de segurança, para continuar a concretizar o seu objetivo.

Numa entrevista à Sky News, a primeira desde que declarou guerra ao EI, um dos elementos do grupo, o hacker «Comedi» afirmou que o pequeno grupo de 12 pessoas – que se autointitula de Ghost Sec -, está a chegar ao limite das suas capacidades, já que os sites do EI estão cada vez mais protegidos.

Publicidade

«Penso que os serviços de segurança ou estão a ignorar, ou não sabem como o fazer, ou não têm o tempo nem as pessoas para o fazer», informou.

Artigo anteriorSão Tomé e Príncipe: Jovens portugueses criam projeto para ajudar comunidades são-tomenses
Próximo artigoFrança: Identificado terceiro suicida no Bataclan

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui