Início Mundo Médio Oriente Al-Qaeda toma cidades estratégicas do sul do Iémen

Al-Qaeda toma cidades estratégicas do sul do Iémen

773
0
Membros iemenitas do movimento separatista controlam o norte, mas perderam terreno para a al-Qaeda em Aden (AFP)

Aden, Iémen – Combatentes da Al Qaeda retomaram na quarta-feira duas cidades do sul do Iémen que tinham ocupado há quatro anos, segundo os residentes e os combatentes locais. Fontes do Comité Popular disseram que, pelo menos, sete dos seus combatentes tinham sido mortos nos confrontos.

Os habitantes disseram que os ‘jihadistas’ lançaram um ataque surpresa contra Zinjibar e Jaar e que superaram as forças locais, tendo montado postos de controlo nas entradas das cidades e anunciaram a sua ocupação por alto-falantes, depois das orações do amanhecer, segundo a Reuters.

A captura das cidades destaca o modo como a Al Qaeda se aproveitou do colapso da autoridade central no Iémen, onde uma coligação liderada pela Arábia tem estado envolvida numa guerra de oito meses contra os xiitas Houthis. Os Houthis capturaram a capital, Sanaa, e grande parte do país durante o ano passado.

Publicidade

“A entrada da al Qaeda desta vez aconteceu na ausência de quaisquer instituições do Estado e que a Al Qaeda explorou”, disse Fadl Mohammed Mubarak, residente em Zinjibar.

Jaar e Zinjibar, capital da província de Abyan, estão a cerca de 50 km a leste da principal cidade portuária de Aden. Elas tinham caído anteriormente nas mãos da Al Qaeda na Península Arábica, em 2011, que as declarou como emirados islâmicos.

Na época, os ‘jihadistas’ foram encorajados pelo débil controlo do governo durante os protestos da Primavera Árabe, o que acabou por ser deposto o ex-presidente Ali Abdullah Saleh. O exército iemenita expulsou os membros da Al Qaeda, passado pouco mais de um ano.

Desta vez, o país está em convulsão devido a um prolongado conflito que opõe as forças Houthi e as forças leais a Saleh contra a coaligação e os soldados leais ao presidente Abd-Rabbu Mansour Hadi.

Artigo anteriorNova operação policial na Bélgica relacionada com atentados de Paris
Próximo artigoCoimbra recebe em 2016 segundo ciclo de concertos de música erudita

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui