Início Mundo Terrorismo San Bernardino, atiradora prometeu fidelidade ao EI

San Bernardino, atiradora prometeu fidelidade ao EI

906
0

Um dos responsáveis pelo massacre desta semana na Califórnia terá jurado lealdade aos terroristas do autodenominado Estado Islâmico, avançou à CNN uma fonte oficial norte-americana.

A tese de que o ataque em San Bernardino, que provocou 14 mortos, teve motivações terroristas ganha consistência.

De acordo com a CNN, que cita fonte governamental, um dos atiradores – uma mulher de 27 anos – terá colocado recentemente uma mensagem no Facebook, jurando fidelidade a Abu Bakr al-Baghdadi, o líder do autoproclamado Estado Islâmico.

Publicidade

Foi usado outro nome para colocar essa mensagem nas redes sociais, mas a investigação já apurou que a autora foi Tashfeen Malik.

Outra fonte do governo dos Estados Unidos disse à agência Reuters que, até ao momento, não há provas de que o massacre de San Bernardino foi organizado ou dirigido pelos jihadistas.

Malik, de 27 anos, nasceu no Paquistão e também viveu na Arábia Saudita, onde se casou com Syed Rizwan Farook, o outro atacante. Os dois foram abatidos pelas forças de segurança.

O tiroteio de quarta-feira num Centro de Apoio Social, de San Bernardino, provocou 14 mortos e mais de 20 feridos.

A polícia encontrou na casa de Tashfeen Malik e Syed Rizwan Farook um verdadeiro arsenal de armas, munições e explosivos. O casal deixa uma filha de seis meses.

Artigo anteriorFrança: Carlos Gonçalves (PSD) na região de Paris
Próximo artigoDudelange: Noite “Star Wars” no CNA

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui