Início Mundo Atentados em Paris Vocalista dos Eagles of Death Metal recorda ataque ao Bataclan.

Vocalista dos Eagles of Death Metal recorda ataque ao Bataclan.

1521
0
Jesse Hughes em entrevista à "Vice"

“Um miúdo sobreviveu porque se escondeu debaixo do meu casaco”

O vocalista dos Eagles of Death Metal falou, pela primeira vez, sobre o ataque terrorista contra o Bataclan, em Paris.

Num depoimento emocionado à “Vice”, Jesse Hughes recorda o momento em que os jihadistas entraram na sala de espectáculos e começaram a disparar indiscriminadamente contra os fãs.

Publicidade

O vocalista da banda norte-americana, de 43 anos, conta que viu “muitas pessoas meteram-se em frente a outras” para as proteger das balas e da morte.

“A razão porque tanta gente morreu foi porque não conseguiram abandonar os amigos”, afirma Jesse Hughes.

A banda conseguiu escapar por uma porta das traseiras, mas os terroristas entraram nos camarins do Bataclan e mataram espectadores que lá tinham procurado refúgio.

Ainda muito abalado por tudo o que aconteceu, Jesse Hughes conta que apenas um fã que estava no camarim escapou. “Várias pessoas esconderam-se no nosso camarim, os assassinos conseguiram entrar e mataram toda a gente, excepto um miúdo que se escondeu debaixo do meu casaco”, refere o vocalista.

Oitenta e nove das 130 pessoas que foram mortas nos ataques de 13 de Novembro em Paris estava na sala de espectáculos Bataclan, onde tocavam os Eagles of Death Metal.

A banda rock norte-americana, que tinha um espectáculo marcado para Portugal em Dezembro, cancelou a digressão europeia na sequência do atentado.

Artigo anteriorHomem que emprestou andar aos ‘jihadistas’ em previsão preventiva por mais 24 horas
Próximo artigoLuisão pode parar até dois meses

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui