Início Mundo Ásia Receitas dos casinos de Macau caíram 28,4% em outubro

Receitas dos casinos de Macau caíram 28,4% em outubro

969
0

Os casinos de Macau tiveram receitas brutas de 20,059 mil milhões de patacas (cerca de 2,28 mil milhões de euros) em outubro, menos 28,4% do que no mesmo mês de 2014, a menor queda desde fevereiro.

As receitas  dos casinos em Macau, pilar da economia do território, registam quedas mensais homólogas consecutivas desde junho de 2014, tendo em setembro descido para níveis de há cinco anos (17,13 mil milhões de patacas, cerca de 1,91 mil milhões de euros).

Os dados relativos a outubro publicados hoje pela Direção dos Serviços de Inspeção e Coordenação de Jogos de Macau revelam que a tendência de queda se mantém, mas esta foi a menor descida desde fevereiro deste ano.

Publicidade

Por outro lado, as receitas brutas dos casinos voltaram a superar a fasquia dos 20 mil milhões de patacas, o que não acontecia desde maio.

Em termos acumulados, desde o início do ano, as receitas brutas dos casinos de Macau somaram 196,0674 mil milhões de patacas (cerca de 22,29 mil milhões de euros) entre janeiro e o final de outubro, menos 35,5% do que no mesmo período de 2014, quando ascenderam a 303,967 mil milhões de patacas (cerca de 34,56 mil milhões de euros).

A 01 de setembro deste ano, face à queda contínua das receitas dos casinos, principal fonte das receitas públicas, e por terem descido a barreira dos 20 mil milhões de patacas, o executivo de Macau, liderado por Fernando Chui Sai On, optou por avançar com “medidas de austeridade”, que se traduzem em cortes nas despesas da Administração.

Assim, todos os serviços públicos e organismos especiais devem congelar 5% das despesas orçamentadas para a aquisição de “artigos para o funcionamento diário dos serviços ou de bens consumíveis”, e 10% do orçamento para investimento (sem incluir o Plano de Investimento e Despesas de Desenvolvimento da Administração, o chamado PIDDA).

A Secretaria de Economia e Finanças impôs também que qualquer organismo que tenha registado um saldo excedente no seu primeiro orçamento suplementar veja esse valor deduzido ao montante de subsídios solicitado.

O Governo espera, assim, poupar cerca de 1.400 milhões de patacas (155 milhões euros) em 2015.

Apesar das medidas de austeridade anunciadas em setembro, de acordo com a página dos Serviços de Finanças de Macau, as contas públicas da Região Administrativa Especial chinesa continuam com um saldo positivo, que ascendia a 28.863,2 milhões de patacas (3.148 milhões de euros) no final de agosto.

O chefe do executivo reiterou no mês passado que o “ajustamento” que o jogo atravessa e a “instabilidade internacional” têm afetado a economia, ressalvando, porém, que a região está apta a “superar as dificuldades”.

Chui Sai On frisou, por outro lado, que o Governo de Macau “irá continuar a apoiar o desenvolvimento saudável” do setor, que “irá reforçar a fiscalização” e que vai “impulsionar o acréscimo das componentes não-jogo pelas concessionárias”.

A queda das receitas dos casinos em Macau, o maior centro do jogo do mundo, tem sido associada à campanha anticorrupção lançada por Pequim, que afastou os grandes apostadores do território, e também ao abrandamento da economia da China.

Macau é uma Região Administrativa Especial da China desde dezembro de 1999.

 

Artigo anteriorAdeptos do FC Porto ‘forçaram’ aterragem em Roma e foram expulsos de avião
Próximo artigoQuatro pessoas da mesma família foram mortas na Índia acusadas de bruxaria

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui