Início Política Passos critica romper de “convenções parlamentares” e declara-se apreensivo

Passos critica romper de “convenções parlamentares” e declara-se apreensivo

723
0
ANTONIO COTRIM/LUSA

Lisboa, 09 nov (Lusa) – O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, considerou hoje que o começo desta legislatura está marcado por decisões que “rompem com algumas convenções parlamentares” e declarou-se apreensivo com “as promessas de novas convenções”, mas confiante nas instituições.

Na abertura do debate do Programa do XX Governo Constitucional, na Assembleia da República, logo no início do seu discurso, Passos Coelho considerou que “o começo desta nova legislatura está marcado por decisões que rompem com algumas convenções parlamentares destes 40 anos de democracia”.

“Não escondo, na minha condição de cidadão, a apreensão com que olho para as promessas de novas convenções que alguns partidos querem trazer para este mandato. Mas prefiro sublinhar, mesmo nesse contexto, a confiança que sempre me merecem as instituições maiores da nossa democracia representativa e o trabalho leal que nelas todos deveremos sempre desenvolver”, acrescentou.

Publicidade
Artigo anteriorSuíça: Algumas farmácias podem vacinar sem receita
Próximo artigoReino Unido: Portuguesa premiada por investigação sobre a doença de Alzheimer

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui