Início Mundo Atentados em Paris Margarida Sousa, ‘heroic woman’, salva 40 pessoas

Margarida Sousa, ‘heroic woman’, salva 40 pessoas

1379
0

“Heroic woman”, assim lhe chamou o Daily Mirror. Uma ‘mulher heróica’ que ajudou vítimas gravemente feridas durante o tiroteio no teatro de Paris e que  descreveu o horror das pessoas feridas.

Margarida de Sousa vive em frente ao Teatro Bataclan e congratulou-se por ter recebido, em sua casa, vários jovens, estando uma delas gravemente ferida.

Ela contou como dezenas de pessoas ‘invadiram’ a sua casa em busca de refúgio depois de terem fugido da cena do ataque terrorista.

Publicidade

“Eles entraram no meu apartamento e também num apartamento no quarto andar.

Margarida de Sousa é uma portuguesa que vive em Paris há 35 anos, onde é porteira. Na noite trágica dos atentados, Margarida salvou entre 30 e 40 pessoas junto ao Bataclan.

“Estava a ver televisão quando vi um grupo muito grande a entrar no prédio. Eles gritavam por ajuda. Estavam aflitos e cheios de sangue. Uma jovem estava no colo de um rapaz, cheia de sangue. Tinha levado dois tiros nas costas. Deitei-a no meu sofá para se sentir melhor, mas ela gritava de dores”, disse Margarida de Sousa.

E foi ali que aguardaram a chegada da polícia e dos bombeiros. Margarida de Sousa, de 56 anos, diz temer novos ataques terroristas em Paris.

Um vizinho disse: “Ela foi incrível e realmente cuidou de todos.

“Margarida fez o melhor que podia. Foi horrível.”

Artigo anteriorQuatro feridos portugueses tiveram alta, um outro mantém-se internado
Próximo artigoDragões chegam aos 4 milhões anuais por Carrillo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui