Início Refugiados Manifestação contra refugiados reúne 5 mil pessoas em Berlim, 40 detidos

Manifestação contra refugiados reúne 5 mil pessoas em Berlim, 40 detidos

1294
0

Berlim. Cerca de 5 mil pessoas manifestaram-se neste sábado em Berlim, convocadas pelo partido populista “Alternative für Deutschland” (AfD), para protestar contra a política de acolhimento de refugiados da chanceler alemã, Angela Merkel, sob as vaias de outros 800 manifestantes contrários.

Os organizadores da mobilização iniciada às 13h locais tiveram como lema “O asilo tem limites – Cartão vermelho para Merkel”.

“Merkel deve sair”, “traidora do povo”, gritavam os manifestantes, carregando bandeiras alemãs e cartazes criticando a política de imigração do governo.

Publicidade

“Manifestamos contra o caos do asilo provocado por Angela Merkel”, declarou a eurodeputada do AfD, Beatrix von Storch, ao começar a concentração em Berlim.

O partido AfD, criado em 2013 numa linha a princípio anti-euro, organiza regularmente manifestações anti-refugiados na Alemanha. O AfD opõe-se à política de Merkel de acolhimento aos migrantes que fogem das guerras e perseguições – o país poderá acolher 1 milhão de pedidos de asilo em 2015.

Paralelamente, cerca de 800 contramanifestantes, segundo cálculos da polícia, tentaram perturbar a mobilização acompanhando a marcha com vaias e insultos.

40 detidos

Cerca de 1.100 polícias dispersaram o grupo e intervieram para impedir os contramanifestantes de forçarem as barreiras instaladas.

Contudo, alguns dos manifestantes de ambas as partes enfrentaram-se verbalmente e a polícia teve que intervir. Segundo uma fonte policial, 40 pessoas foram detidas e um agente ficou levemente ferido.

Ao todo, cinco contramanifestações foram organizadas neste sábado em Berlim. Uma delas sob o lema “Manifestação por uma Berlim cosmopolita” foi apoiada por um amplo espectro de partidos políticos e sindicatos, reunindo 600 pessoas atrás das Portas de Brandemburgo, segundo a polícia. Os organizadores esperavam milhares de participantes.

Artigo anteriorDiscoteca em Bucareste: o número de mortos sobe para 41, mais manifestações contra a corrupção
Próximo artigoPS reverte cortes salariais, descongela pensões e espera défice abaixo de 3% em 2016

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui