Início Mundo Cabo Verde Leitura da sentença do caso “Perla Negra” em Cabo Verde marcado para...

Leitura da sentença do caso “Perla Negra” em Cabo Verde marcado para 20 de novembro

1185
0

O juiz da Comarca da ilha cabo-verdiana de São Vicente Antero Tavares marcou para o dia 20 de novembro a leitura da sentença do caso “Perla Negra”, a segunda maior apreensão de droga no arquipélago.

O julgamento do processo, que envolve 14 arguidos, seis dos quais em prisão preventiva, e 29 testemunhas, começou no dia 15 de outubro e deste então tem sido acompanhado de fortes medidas de segurança na ilha de São Vicente.

Enquanto os arguidos reclamam inocência, dizendo que não têm nada a ver com a droga apreendida, o Ministério Público de Cabo Verde pediu penas de prisão de um mínimo de 18 anos para os seis arguidos do processo.

Publicidade

O processo por tráfico de droga remonta a 05 de novembro de 2014, quando a Polícia Judiciária (PJ) apreendeu 521 quilogramas de cocaína durante um transbordo na praia de Salamansa, em São Vicente.

Durante a operação “Perla Negra”, a PJ deteve em flagrante delito seis homens, três deles espanhóis, com idades entre os 40 e os 60 anos.

A droga encontrava-se dissimulada em 19 sacos de viagem e acondicionada em pacotes de cerca de um quilo cada.

A PJ apreendeu também um iate, uma moto de água, 12 viaturas, cinco armas de fogo de vários calibres, 320 munições, peças em ouro e as quantias de 140 mil euros e 515 mil escudos cabo-verdianos, além de pequenos montantes de outras moedas.

Os arguidos respondem pelos crimes de associação criminosa, tráfico internacional de droga, posse de arma e lavagem de capitais.

Artigo anteriorMais de uma dezena de fotógrafos portugueses representados no Paris Photo
Próximo artigoFIFA: Cinco candidaturas aceites, a de Platini será avaliada em janeiro

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui