Início Crime Estudante morto na Alsácia: 150 armas encontradas em casa do pai do...

Estudante morto na Alsácia: 150 armas encontradas em casa do pai do suposto atirador

1126
0

Um estudante de 12 anos morto a tiro, um estudante de 13 anos sob custódia

Uma criança de 12 anos morreu ontem após as 16 horas no autocarro de transporte escolar que o levava de regresso a casa após as aulas do colégio Trois Pays à Hégenheim. O menino morreu depois de ser atingido por um projétil disparado de uma arma que estava na posse de um dos seus colegas. O último encontra-se em custódia, relata o Dernières Nouvelles d’Alsace.

Segundo o jornal, o colégio esteve fechado e um perímetro de segurança foi instalado no local. O procurador deslocou-se ao local, de acordo com a mesma informação. Nesta fase do inquérito, nenhuma hipótese é excluída, “um acidente ou um ato deliberado”, disse o promotor encarregado do caso, Dominique Alzéari.

Publicidade

Era a hora de saída do colégio de Hégenheim, comuna de 3265 habitantes, localizada a poucos quilómetros de Saint-Louis, na fronteira suíça perto de Basileia, no sul do departamento. Como todos os dias, alguns dos estudantes do colégio estavam no autocarro para visitarem o setor de Ranspach.

35 jovens estavam a bordo quando uma explosão soou. Inicialmente, todos acreditaram tratar-se de uma explosão de um grande fogo de artifício que supostamente atirou uma pessoa ao chão. Os meios de socorro e da polícia foram imediatamente alertados.

Já hoje, Le Figaro divulgou que foram encontradas quase 150 armas na casa do pai do estudante que se encontra sob custódia, após a morte por tiro do camarada de 12 anos, de acordo com fontes próximas do dossiê.

Não se trata de armas de guerra, nem de armas de coleção, mas armas de caça e de tiro desportivo, disse a mesma fonte.

Artigo anteriorCinco quilómetros de fila na fronteira de Bardonnex
Próximo artigoMinistro do Desporto francês garante realização do Euro2016

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui