Início Atualidade Engenheiro português candidata-se a astronauta na NASA

Engenheiro português candidata-se a astronauta na NASA

1229
0

Vasco Ribeiro, 44 anos, da Lourinhã, concorre a uma vaga de astronauta-cientista num programa comercial para a observação de nuvens notilucentes, denominado Projeto Possum, desenvolvido em parceria com a agência espacial norte-americana (NASA).

Para participar num dos voos previstos para julho de 2017, Vasco Ribeiro procura financiamentos no valor de 150 mil dólares (140 mil euros). Os custos dos dez voos previstos, cada um com um piloto e um astronauta-cientista, estão avaliados em 1,9 milhões de euros.

“Divulguei no Facebook, é o que estou fazendo, mas, como trabalho no Brasil, estou um pouco deslocado de Portugal e torna-se difícil trabalhar nesse sentido. Sabe como é, bater de porta em porta nos bancos, em quem tem dinheiro para financiar”, disse o engenheiro à Lusa.

Publicidade

Diferentemente dos programas financiados pelo Estado, os programas comerciais são pagos pela iniciativa privada. A NASA possui uma linha de financiamento para projetos comerciais, como o Possum, afirmou Vasco Ribeiro.

O projeto tem o objetivo de fotografar as nuvens notilucentes [que dá luz à noite], na região da zona polar norte, a cerca de 80 quilómetros de altitude, na chamada alta mesosfera, e podem dar informações sobre o aquecimento global.

“A alta mesosfera é uma parte da atmosfera meio desconhecida, por uma questão simples: os balões atmosféricos sobem a 30, 40 quilómetros de altitude; aviões sobem a 25 quilómetros; e os satélites em órbita, a 200 quilómetros, e só passam por ela para subir ou descer”, explicou.

Na viagem prevista, a nave espacial descola na horizontal, como um avião, mas sobe quase na posição vertical, acelera até três vezes a velocidade do som e alcança os 105 quilómetros de altitude em cerca de seis minutos. “É como andar numa montanha russa”, brincou.

Artigo anteriorSeis pescadores resgatados de barco a arder ao largo da Nazaré
Próximo artigoPrimeira impressora 3D portuguesa entre as melhores da atualidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui