Início Economia Unicer vai fechar fábrica de refrigerantes em Santarém com cerca de 150...

Unicer vai fechar fábrica de refrigerantes em Santarém com cerca de 150 trabalhadores

1101
0

O Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias de Bebidas e Tabacos de Portugal (Sintab) revelou hoje que a Unicer vai fechar o centro de produção de refrigerantes, em Santarém, que emprega entre 150 e 170 trabalhadores.

O responsável do Sintab pela região de Lisboa, Rui Matias, adiantou à Lusa que os trabalhadores da fábrica de refrigerantes foram informados esta manhã da intenção da administração de fechar as portas da Rical – Empresa Produtora de Refrigerantes e Águas até maio de 2016.

“Estamos muito preocupados. A notícia é brutal para 150 famílias”, afirmou o sindicalista, adiantando que a administração da Unicer terá apresentado a possibilidade de uma dezena de trabalhadores poderem ser integrados na unidade de Leça do Balio, Matosinhos.

Publicidade

Na reunião com os trabalhadores, os responsáveis da Unicer terão ainda referido a possibilidade de uma empresa localizada na imediações poder vir a empregar 20 a 25 trabalhadores que entretanto serão dispensados, referiu Rui Matias.

“Vamos acompanhar o processo para ver como se desenrola, quais as razões apresentadas pela administração e condições dadas aos trabalhadores”, adiantou.

Em 2013, a Unicer encerrou a sua fábrica de cerveja em Santarém, deslocalizando a produção para Leça do Balio, como parte do projeto de consolidação industrial das cervejas da empresa para melhorar a eficiência e competitividade da empresa.

Contactada pela Lusa, fonte da Unicer adiantou que estava a decorrer uma reunião com trabalhadores, remetendo esclarecimentos para mais tarde.

Artigo anteriorPortugal continua à espera de luz verde para exportar carne de porco para a China
Próximo artigoBanco suíço encontra e bloqueia 2,1 ME de presidente da Câmara dos Deputados do Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui