Início Atualidade Suiça: Jovem imigrante português morre depois de um acidente de trabalho macabro

Suiça: Jovem imigrante português morre depois de um acidente de trabalho macabro

6324
0

Leandro Marques, jovem de 21 anos, morreu num brutal acidente de trabalho em Berna, Suíça, na passada sexta-feira, dia 2 de outubro. Segundo informa a imprensa internacional, o jovem imigrante português terá caído de uma altura superior a 35 metros, quando estava a trabalhar na construção de uma ponte na cidade.

Tal como acontece com muitos portugueses, o jovem foi para a Suíça procurando novas oportunidades na sua vida, porém uma pequena falha acabou sendo fatal. Leandro teria ligado à sua namorada pouco tempo antes de sua morte, dando-lhe os parabéns pelo seu aniversário.

Como demonstram os estudos, a maioria dos imigrantes europeus que decidem ir viver para a Suíça acabam sendo transferidos para a construção civil, onde o trabalho é mais pesado, a mão-de-obra mais barata e onde há mais riscos de acidentes. Ora, Leandro Marques foi o grande exemplo disso mesmo, quando rumou para a Suiça para finalmente ter uma vida digna, como garante a imprensa internacional.

Publicidade

Porém, uma possível falha de segurança levou a que o jovem morresse numa queda de mais de 35 metros, enquanto ele estava a trabalhar na construção e na reparação de uma ponte na cidade de Berna.

As autoridades locais estão a investigar as causas reais do acidente sendo certo que Leandro Marques morreu no dia de aniversário da namorada. Eles tinham conversado uma hora antes da tragédia, que ocorreu por volta das 8:30 minutos da manhã.

Leandro Marques ainda foi transportado para o hospital local, mas a queda foi grande, fazendo com que o jovem acabasse morrendo pouco tempo depois, sem que alguma coisa pudesse ter sido feita para ajudar o jovem trabalhador.

O funeral está marcado para a próxima quarta-feira, dia 7 de outubro – ainda não se sabe se a cerimónia vai acontecer na terra natural de Leandro ou no local do fatal acidente.

Artigo anteriorNatural de Gondar, Guimarães, entre as vítimas mortais de inundações em França
Próximo artigoNobel da Medicina atribuído a investigadores dos EUA, Japão e China

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui