Início Acidentes Puisseguin: ação “heróica” do motorista do autocarro para ajudar sobreviventes

Puisseguin: ação “heróica” do motorista do autocarro para ajudar sobreviventes

672
0
Dr. Jean-Philippe Flipot, em Puisseguin, 23 outubro 2015 Foto MEHDI FEDOUACH. AFP

França. O motorista do autocarro que se incendiou, na sexta-feira, no acidente que matou 43 pessoas em Puisseguin (Gironde), foi um “herói” ao ajudar a sair os sobreviventes do seu veículo “arriscando a sua vida”, sendo “lambido” pelas chamas ao deslocar-se, de acordo com um médico que deu apoio.

“Ele teve um reflexo heróico arriscando a sua vida”, disse à AFP o Dr. Philippe Flipot, médico de clínica geral em Puisseguin, que foi chamado ao seu consultório no início de sexta-feira para dar um primeiro apoio aos sobreviventes numa unidade de crise criada na aldeia.

“Foi heróico. Foi ele quem ajudou como podia, a tirar os sobreviventes para fora do autocarro”, acrescentou o médico. “Além disso, ele tinha o seu rosto vermelho, foi sem dúvida tocado pelas chamas.”

Publicidade

O motorista, disse o coronel da polícia, Ghislain Réty, foi “capaz de acionar, abrir as portas” do seu autocarro, pouco antes da colisão com o camião, que, “de acordo com as conclusões iniciais, estava atravessado na estrada”. “Após o impacto, o carro explodiu em chamas muito, muito rapidamente.”

O motorista, que falou com o médico, estava “em estado de choque. Pouco depois de chegar, ele desabou em lágrimas “, disse o Dr. Flipot.

Na célula de crise, o médico disse que viu oito sobreviventes e viu “uma mulher deitada numa maca com queimaduras em terceiro grau em 20% da superfície do corpo.” Outro sobrevivente tinha “o rosto queimado, mas à superfície”, outros “ainda tinham ferimentos na cabeça ou contusões ligeiras.”

E se alguns não tiveram ferimentos aparentes, “todos ficaram muito, muito chocados.”

Os polícias também saudaram na sexta-feira outro gesto “heróico” de um motorista que estava a seguir o autocarro “e que teve o bom senso de quebrar as janelas e ajudar algumas pessoas.”

Artigo anteriorMéxico em alerta máximo antes da chegada do poderoso furacão Patricia
Próximo artigoLuxemburgo: Táxis dos mais caros no Mundo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui