Início Mundo Ásia Presidente de Taiwan defende continuidade de laços com a China no Dia...

Presidente de Taiwan defende continuidade de laços com a China no Dia Nacional

984
0

O Presidente de Taiwan afirmou hoje, no discurso do Dia Nacional da ilha, que vai manter a atual política em relação à China, baseada no consenso de que “há uma China, com duas interpretações”.

Ma Ying-jeou, que em maio termina o seu segundo mandato, deseja que o seu sucessor, que tudo indica vir a ser a candidata presencial Tsai Ing-wen, do Partido Democrata Progressista (PDP), favorita em todas as sondagens por uma ampla margem, não quebre a sua política em relação a Pequim.

Tanto o PDP como Tsai não aceitam que Taiwan seja parte da China e defendem o direito de os taiwaneses decidirem sozinhos o futuro político da ilha, ainda que a candidatura tenha prometido “manter a situação atual”, incluindo a não declaração de independência formal. No entanto, Tsai diz não estar disposta a reconhecer que a ilha é parte da China.

Publicidade

“Manter o ‘status quo’ nas relações entre os dois lados do estreito da Formosa é um consenso em Taiwan”, disse Ma.

O Presidente assegurou que a sua política não significa vender a pátria a favor da China ou perder dignidade nacional, e pediu paciência aos taiwaneses para que possam apreciar os frutos da sua política.

“O nosso progresso pode não ter sido suficientemente rápido, mas a nossa direção é correta, os nossos planos minuciosos, e construímos uma base sólida para que quem venha a seguir possa efetuar grandes avanços”, disse Ma.

Artigo anteriorJosé Peseiro é o novo treinador do Al Ahli, do Egito
Próximo artigoPrimeira edição do Sintra Press Photo abre hoje dedicado ao “Conflito”

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui