Início Culturas Livros Poemas de Sophia no festival de música de Leeds em homenagem a...

Poemas de Sophia no festival de música de Leeds em homenagem a tradutor inglês

1022
0

Londres, 10 out (Lusa) – Vários poemas de Sophia de Mello Breyner Andresen, traduzidos para inglês, vão ser cantados no Leeds Lieder Festival, certame de música clássica, na sequência da morte prematura do tradutor inglês Colin Rorrison, cuja obra foi publicada postumamente.

“O jardim”, “Navio naufragado” e “A Forma Justa” serão adaptados para música pelo compositor britânico Edward Ruston e interpretados por uma soprano, com acompanhamento de piano no festival dedicado à canção de câmara (‘lied’), que se realiza de 01 a 03 de abril do próximo ano, em Leeds, no norte de Inglaterra.

“A encomenda foi sugerida pela fundadora do Festival, Jane Anthony, que ouviu dois dos poemas lidos durante o funeral de Colin”, contou a mãe do tradutor, Helen Chambers, à agência Lusa.

Publicidade

Colin Rorrison morreu inesperadamente aos 28 anos, em 2012, durante uma viagem à América Latina, deixando traduzidos para inglês alguns textos de autores de língua portuguesa, nomeadamente os brasileiros Rubem Fonseca e Lygia Fagundes Telles, ambos distinguidos com o Prémio Camões.

Traduziu também poemas de Sophia de Mello Breyner por sugestão da tradutora Margaret Jull Costa, tutora de um curso de tradução frequentado por Colin.

O resultado foi publicado postumamente em “The Perfect Hour”, que inclui 69 poemas de duas coletâneas de Sophia – “O dia do mar” e “O nome das coisas” -, que foram revistos por Jull Costa, tradutora para inglês de obras de Eça de Queirós e José Saramago, entre outros.

“É uma homenagem ao nosso filho Colin, ao seu amor pela cultura portuguesa e ao seu trabalho como tradutor, o qual só tinha realmente começado quando morreu”, declarou a progenitora.

Tanto Helen como o pai de Colin, Hugh Rorrison, são tradutores reconhecidos, especializados na língua germânica.

“The Perfect Hour”, publicado pela editora neozelandesa Cold Hub Press, será apresentado na próxima terça-feira, na Universidade de Edimburgo, pela Biblioteca de Poesia da Escócia, que promove regularmente o lançamento de livros e eventos de poesia estrangeira.

Alguns dos poemas incluídos serão também lidos por Margaret Jull Costa, no Festival de Poesia Internacional StAnza,que decorre em St. Andrews, na Escócia, de 02 a 06 de março do próximo ano.

A Embaixada de Portugal em Londres acolherá, em maio, um recital de canto com os três poemas, de Sophia de Mello Breyner Andresen, a par da leitura de outros poemas traduzidos.

Artigo anteriorLuís Filipe Vieira ignora “ruído” e promete defender-se nos “lugares próprios”
Próximo artigoExplosão em restaurante na China provocou pelo menos 17 mortos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui