Início Política Passos, Portas e Costa e a falta da proposta

Passos, Portas e Costa e a falta da proposta

1070
0

Lisboa, 09 out (Lusa). O secretário-geral do PS considerou hoje “bastante inconclusiva” a reunião com o PSD e CDS sobre as condições de governabilidade do país, alegando que os dois partidos da coligação não apresentaram qualquer proposta concreta.

António Costa falava no final de quase três horas de reunião com os líderes do PSD, Pedro Passos Coelho, e do CDS-PP, Paulo Portas, na sede nacional dos sociais-democratas.

O líder socialista explicou que esperava da perte da PàF a apresentação de uma proposta para que se podessem começar a negociar. Como essa proposta não surgiu, Costa explica que não ficou desiludido – “para isso era preciso ter ilusões”, acrescentou -, mas confessa que saiu com expectativas defraudadas.

Publicidade

O líder socialista adiantou que na terça-feira haverá nova reunião entre as delegações do PS e da coligação PSD/CDS.

Pouco depois, foi a vez de Passos Coelho afirmar que o PS não apresentou nenhuma proposta, mas que isso “não devia conduzir a um impasse”, anunciando que no encontro de terça-feira a coligação fará um exercício “atrevido”, de uma “certa adivinhação”  e apresentará propostas tendo em conta o programa socialista.

“O país não perceberia, depois de ter escolhido como vitoriosa uma força política, que, pelo facto de não ter maioria absoluta, essa maioria não estivesse disponível para acolher outras propostas e para dialogar e chegar a um compromisso. É essa a nossa obrigação, mas não é uma obrigação só nossa”, disse ainda o líder do PSD.

Artigo anteriorDifferdange: inauguração oficial do ‘Creative Hub’, 1535º
Próximo artigoMais antigo relógio do mundo faz 605 anos e recebe um Google Doodle em sua honra

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui