Início Política Passos diz que esquerda usou “jogo negativo” e foi rejeitada pelo povo

Passos diz que esquerda usou “jogo negativo” e foi rejeitada pelo povo

713
0

Madrid, 22 out (Lusa) – O primeiro-ministro e presidente do PSD, Pedro Passos Coelho, criticou hoje perante a direita europeia o “jogo negativo” usado pelos partidos de esquerda em Portugal, “rejeitados pelo povo” por terem mobilizado o “radicalismo” e a “demagogia”.

“Sempre confiei no bom senso do povo português e, de facto, todos os partidos políticos que viraram as costas à realidade nos últimos anos foram derrotados nas urnas. Os líderes políticos que usaram a demagogia contra o senso comum e mobilizaram o radicalismo contra a responsabilidade foram rejeitados pelo povo”, disse Pedro Passos Coelho, numa mensagem de vídeo transmitida nos ecrãs do congresso do Partido Popular Europeu, em Madrid.

Pedro Passos Coelho, que faltou ao congresso, afirmou que o Partido Popular Europeu – do qual fazem parte o PSD e o CDS-PP – sempre deu “o maior valor ao realismo, à responsabilidade e à coerência estratégica”.

Publicidade

“É central à nossa identidade. E agora sabemos que esses valores não são uma menos-valia nas eleições. Em Portugal mostrarmos isso, além de qualquer dúvida. Mesmo quando levamos em consideração o jogo negativo feito pelos partidos derrotados”, disse Passos Coelho na mensagem em inglês.

A última intervenção pública de Pedro Passos Coelho tinha sido na segunda-feira, após ter sido recebido pelo Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva.

Artigo anteriorCanadá filma série sobre Portugal
Próximo artigoComboio histórico do Douro já transportou 5.000 turistas este ano

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui