Início Sci-Tech Nobel da Física distingue japonês e canadiano por trabalhos sobre neutrinos

Nobel da Física distingue japonês e canadiano por trabalhos sobre neutrinos

1190
0

Estocolmo, 06 out (Lusa) – O prémio Nobel da Física foi hoje atribuído ao japonês Takaaki Kajita e ao canadiano Arthur B. McDonald pelos seus trabalhos sobre os neutrinos, partículas elementares.

O júri sueco premiou os dois investigadores “pela descoberta das oscilações dos neutrinos, que demonstram que os neutrinos têm massa”, permitindo compreender o funcionamento interno da matéria e, dessa forma, conhecer melhor o universo.

Neutrinos são partículas neutras, ou seja, sem carga elétrica, extremamente pequenas e com massa tão insignificante que após a sua descoberta acreditou-se que não possuíam massa. Devido a essas características, os neutrinos dificilmente interagem com a matéria. Isso torna-os muito difícil de detectar.

Publicidade

Uma grande fonte de neutrinos próxima de nós é o Sol, onde ocorrem violentas reações nucleares o tempo todo. A partir da comprovação da existência dos neutrinos muitos cientistas concentram-se em pesquisar aqueles que eram provenientes da nossa estrela. Esse interesse se deve ao facto dos neutrinos poderem atravessar todo o núcleo solar e chegar até à Terra. Desta forma, o estudo dos neutrinos solares poderia revelar informações sobre o interior do próprio Sol.

Artigo anteriorQuer sentir-se feliz? Esta música é a solução
Próximo artigoPortugueses já podem saber se foram afetados pelo escândalo da Volkswagen

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui