Início Culturas Museu do Caramulo consegue angariar dinheiro para restaurar microcarro de 1958

Museu do Caramulo consegue angariar dinheiro para restaurar microcarro de 1958

876
0

O Museu do Caramulo, no concelho de Tondela, vai avançar com o restauro de um microcarro de 1958, depois de ter conseguido angariar 5.601 euros na campanha “Salvem o Messi”, que terminou esta semana.

Em agosto, o Museu do Caramulo lançou, pela primeira vez, uma campanha de recolha pública de fundos, com o objetivo de conseguir 5.000 euros para restaurar um Messerschmitt KR200 (o Messi).

“A cerca de uma semana do final do projeto estávamos a 50% do objetivo. Reforçámos a nossa comunicação e ultrapassámos o objetivo”, disse à agência Lusa o diretor do Museu do Caramulo, Tiago Patrício Gouveia.

Publicidade

O responsável contou que os 5.000 mil euros eram considerados “um objetivo muito ambicioso”, mas que era o montante “necessário para cumprir o projeto”.

O ar “engraçado” do microcarro azul – que “tem três rodas e uma cabine e um volante que parecem de avião” – e o reconhecimento pelo trabalho do Museu do Caramulo conquistaram 127 apoiantes, estando Tiago Patrício Gouveia convencido de que, se a campanha não tivesse já fechado, “nesta última fase ainda havia muitas pessoas a quererem juntar-se e contribuir mais”.

“Pela nossa estimativa, este dinheiro é suficiente para por o carro em funcionamento. Agora esperamos que durante o próximo ano este projeto fique acabado”, frisou.

O Museu do Caramulo vai agora encomendar as peças, sendo a mais complicada a carlinga (vidro da cabine).

“Temos de a encontrar, encomendar e esperar que chegue. Entretanto, vamos avançando com o resto do carro”, acrescentou.

O “Messi” representa a indústria dos carros de pequenas dimensões enquanto estratégia de retoma da economia e da indústria automóvel nos períodos do pós-guerra.

Com este restauro, o museu quer “preservar o património histórico e cultural associado ao automóvel, para assim o colocar à disposição de todos os que queiram conhecer este marco da história mundial”.

O restauro inclui a colocação de um vidro de cabine novo, uma pintura nova, a reparação de chaparia, dos estofos no interior, do motor, da caixa de velocidades e dos componentes elétricos e a colocação de um jogo de pneus e de farolins novos.

 

Artigo anteriorTrezentos idosos de Lousada envolvidos na eleição de “miss e mister sénior”
Próximo artigoChuva forte e tempestades elétricas cancelam segunda sessão do GP das Américas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui