Início Portugal Limpeza em Serra de Valongo para retirar milhares de pneus depositados ilegalmente

Limpeza em Serra de Valongo para retirar milhares de pneus depositados ilegalmente

744
0

O Alto Relevo Clube de Montanhismo, de Valongo, vai promover no fim de semana uma limpeza na Serra de Pias, estimando que “só numa cavidade” de antigas Minas Romanas estejam depositados ilegalmente mais de 5.000 pneus.

“Tememos, entre outras questões, pela contaminação do solo e das águas. A população do vale ali próximo provavelmente aproveita as águas para consumo e rega e estas podem estar contaminadas”, disse à agência Lusa o responsável do Alto Relevo, Vítor Gandra.

Já em comunicado, a câmara de Valongo, distrito do Porto, mostra preocupação com a destruição do habitat de espécies raras como a salamandra-lusitânica, o morcego-de-ferradura ou os feto-de-cabelinho.

Publicidade

As limpezas vão decorrer sábado e domingo e além de uma das cavidades – os fojos ou poços das antigas minas de ouro outrora exploradas pelos romanos – os promotores da ideia querem limpar vários pontos à superfície, estando a tentar angariar algumas dezenas de voluntários que ajudem a por termo ao “empobrecimento da paisagem”.

Vítor Gandra contou que em 2010, no âmbito da iniciativa que correu todo o país com o nome “Limpar Portugal”, o Alto Relevo Clube de Montanhismo retirou de uma só Mina Romana 1.700 pneus usados e abandonados.

Entretanto já decorreram outras iniciativas semelhantes, nomeadamente limpezas à superfície dos fogos em que foram retiradas “centenas de revistas, pilhões, tudo e mais alguma coisa”, disse o responsável do clube que já encontrou um gestor de resíduos de Gondomar que aceitará gratuitamente as toneladas retiradas no fim de semana.

“São cerca de 20 séculos de existência de património histórico e cultural repletos de lixo”, lamentou, conforme se lê no comunicado, a câmara de Valongo.

O depósito de materiais, nomeadamente pneus, é ilegal até porque, explicou Vítor Gandra, “as empresas que criam estes resíduos são obrigadas a fazer a deposição em gestores autorizados”.

Por esta razão o Alto Relevo pretende, após fazer o levantamento dos resíduos depositados, denunciar os casos ao Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPENA), o departamento da Guarda Nacional Republicana (GNR) que atua neste tipo de casos.

Mas a limpeza deste fim de semana não servirá apenas para estes objetivos, tendo aliás como “principal”, disse o responsável do clube promotor, a sensibilização.

“Obviamente que queremos que tudo seja limpo mas este é também um ato simbólico e de sensibilização. As pessoas têm de ter consciência do que está a acontecer na serra”, referiu.

Em novembro do ano passado este clube realizou, em Valongo, o 1.º Congresso sobre a Mineração Romana de Valongo, dando a conhecer o trabalho que realiza há anos, mas sobretudo para evitar o desconhecimento geral da população sobre este problema de poluição ambiental.

Artigo anteriorBenfica perde com Galatasaray na Liga dos Campeões
Próximo artigoNova aventura de Astérix em mirandês com edição de 1.500 exemplares

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui