Início Atualidade Esch/Alzette: Super Dragões em jantar solidário

Esch/Alzette: Super Dragões em jantar solidário

3861
0

Os Super Dragões do Grão-Ducado organizaram um jantar que visou angariar fundos para ajudar no tratamento de uma menina de 5 anos que sofre de paralisia cerebral com diplegia espástica, impedindo-a de andar.

A Raquel desde um ano e meio de idade que diariamente realiza fisioterapia, além de muitos tratamentos invasivos e dolorosos sem qualquer tipo de sucesso, apesar da força e persistência da pequena. Recentemente iniciou um novo método de fisioterapia, na clínica Terapikuba, onde surgiu uma nova esperança, que se baseia numa cirurgia (Cirurgia Multinível em evento único) a realizar no hospital SALUD – Instituto Nacional de Reabilitação no México , mas os recursos financeiros esgotaram-se.

Por tudo isso, os Super Dragões do Luxemburgo (Esch/Alzette, Luxemburgo e Differdange) juntaram cerca de uma centena de membros, incluindo as vindas de núcleos da França (Lille) e da Suiça (Morges, Sion, Lausanne e Fribourg), este sábado dia 10 de outubro, no restaurante Le Coq Bleu em Esch-sur-Alzette.

Publicidade

Fernando Madureira, “Macaco” líder da claque do FC Porto não pode deixar de estar presente nesta iniciativa aproveitando a paragem no Campeonato de futebol em Portugal para se deslocar ao Grão-ducado.

“As claques não são só os “bad boys” como muitos nos rotulam. Além de apoiar-mos o nosso clube do coração também temos este tipo de iniciativas”, frisa Madureira.

“A pequena Raquel é uma menina muito doce, tive oportunidade de a conhecer pessoalmente. Vamos ajudá-la certamente”.

“É muito importante o trabalho dos nossos núcleos nas Comunidades Portuguesas espalhados pela Europa”, refere Madureira.

Em relação à nova época desportiva, “as coisas estão a correr melhor que nas duas anteriores, houve coisas que falharam no passado”.

O facto da língua espanhola ser a que predomina nos balneários e de não ser a portuguesa, Madureira não considera isso como relevante destacando que o que importante é “a qualidade da equipa e do plantel”.

“As vindas esta época de jogadores como Maxi Pereira, Iker Casillas e André André vieram em muito reforçar as opções de Lopetegui”.

“O Maxi Pereira andava um pouco perdido noutro clube rival até que percebeu o que era importante para ele, vindo para o FC Porto”.

O líder dos Super Dragões, confessa não ter nenhum jogador favorito rematando que “O jogador preferido é o “FC Porto”.
José Silva, responsável pelo núcleo de Esch/Alzette, e um dos organizadores do jantar avança que “os objetivos foram alcançados e correu tudo bem. Há um mês que trabalhava-mos nisto”.

Os Super Dragões do Luxemburgo, contam atualmente com três centenas de membros e estão divididos por três núcleos, Differdange, Esch/Alzette e Luxemburgo.
Durante o jantar foi leiloada uma camisola do guarda-redes do FC Porto, Iker Casillas que rendeu 150 €. O total da iniciativa rendeu 450€ para os tratamentos da pequena Raquel.

Quem estiver interessado em dar o seu contributo poderá fazê-lo para a conta bancária destinada aos donativos, com o NIB – 0007 0000 0025 3728 4302 3 e IBAN – PT50 0007 0000 0025 3728 4302 3.

Artigo anteriorLewis Hamilton vence GP da Rússia de Fórmula 1 e fica mais perto do título
Próximo artigoEuro2016: Portugal vence na Sérvia

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui