Início Política Durão Barroso alerta para custos de um Governo do PS com o...

Durão Barroso alerta para custos de um Governo do PS com o PCP e BE – Diário Económico

768
0

Lisboa, 13 out (Lusa) – O ex-presidente da Comissão Europeia Durão Barroso considerou que a entrada do Bloco de Esquerda e do PCP para o Governo “seria negativa” e poderia implicar custos para o país e alertou que os eleitores do PS não votaram para um executivo à esquerda.

Em entrevista publicada na edição de hoje do Diário Económico, Barroso manifestou-se esperançado em que a coligação PSD-CDS/PP e o PS “encontrem pontos para chegar a um acordo”, advertindo para a possibilidade da entrada para o governo de partidos que não respeitam os compromissos internacionais de Portugal.

“O que me pareceria negativo, de um ponto de vista económico, até para a imagem do país, é que aqueles que não aceitam os compromissos internacionais de Portugal, aqueles que se opõem à União Europeia, ao Tratado orçamental – que hoje em dia é uma obrigação do Estado português – venham para o Governo”, sublinhou.

Publicidade

O ex-primeiro-ministro alertou que as pessoas começariam a interrogar-se sobre a essência do Governo. “As pessoas começavam a dizer: que governo é este? É um Governo que vai ou não cumprir as suas obrigações? A menos que tenha havido uma conversão súbita de todos aqueles que até ontem eram contra a União Europeia, contra o Tratado Orçamental”, argumentou.

Barroso alertou que “Portugal tem obrigações que foram assumidas pelo Estado português e tem de respeitá-las”, advertindo que, se isso não acontecer, “haverá custos para o país”.

“A questão é saber se aqueles que vierem a estar à frente do Governo têm a credibilidade para manter esses compromissos”, sustentou.

O ex-líder social-democrata sustentou ainda que os eleitores socialistas não votaram numa solução de Governo com o Bloco de Esquerda e o PCP.

“Há uma coisa que sei: os eleitores socialistas não votaram no PS para um Governo com o PCP e o BE. Toda a gente sabe que não foi esse o sentido de voto dos eleitores socialistas”, argumentou.

Artigo anteriorMais de um terço dos inquiridos em estudo da APAV conhece crianças vítimas de violência
Próximo artigoQuarta Bota de Ouro dá novo recorde a Cristiano Ronaldo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui