Início Mundo Ásia China proíbe a importação de marfim como troféu de caça

China proíbe a importação de marfim como troféu de caça

924
0

O Governo chinês proibiu a importação de marfim adquirido como troféu de caça por um período de um ano, no mais recente esforço para combater o comércio ilegal de presas de elefante no país, o maior mercado do mundo deste material.

Segundo um comunicado emitido pelas autoridades chinesas, as importações, que estão a colocar aquela espécie em perigo de extinção, serão proibidas a partir de hoje, até 15 de outubro de 2016.

A nota refere que o governo chinês demonstra assim “determinação” na proteção dos elefantes.

Publicidade

O anúncio aparece depois de as autoridades terem imposto em fevereiro a proibição à importação de marfim esculpido durante um ano, uma medida a que seguiu o aumento de processos contra contrabandistas e apreensões nas fronteiras.

O comércio e venda de marfim são legais na China desde da Convenção sobre o Comércio Internacional das Espécies da Fauna e da Flora Silvestres Ameaçadas de Extinção, que prevê a compra deste tipo de material de quatro países africanos para venda em território chinês.

Artigo anteriorObras na Auto-Estrada do Norte A7 entre Waldhof e Lorentzweiler
Próximo artigo“O melhor da cultura lusófona e mundial” a partir de hoje no Festival de Óbidos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui