Início Sci-Tech Tecnologia Adobe está a oferecer os melhores recursos do Photoshop gratuitamente

Adobe está a oferecer os melhores recursos do Photoshop gratuitamente

1049
0

Parece que todos conhecem alguém com uma cópia pirata do Photoshop. Se alguém lhes perguntar porquê, a resposta provavelmente será esta: o Photoshop custa mais de US $ 1.000 e eu uso apenas 10 por cento das suas características.

Durante muito tempo, o Photoshop foi utilizado por profissionais que precisavam de muitas das suas ferramentas mais profundas, mais especializadas e mais misteriosas.

A Adobe tem vindo ultimamente a desenvolver uma app muito mais acessível: na área de trabalho, ela começou a oferecer o Photoshop e Lightroom num pacote de US $ 9,99 por mês, e no telemóvel, começou a ‘quebrar’ o Photoshop em pedaços facilmente digeríveis oferecidos gratuitamente. Hoje, essa estratégia móvel fica ainda mais forte com o lançamento do Photoshop Fix, uma app de edição de fotografia, que inclui mais do que 10 por cento das características do software original.

Publicidade

A maioria das ferramentas essenciais do Photoshop para alterar FOTOS estão aqui

O Photoshop Fix é, como o próprio nome indica, tudo sobre a ‘fixação’ de fotos. Claro, isso é Photoshop, então a fixação pode significar qualquer coisa desde a remoção de objetos indesejados, como manchas temporárias, até à mudança das características faciais de uma pessoa, algumas das quais são divertidas, algumas são úteis e outras é melhor nem mexer.

A app inclui a maioria das principais ferramentas do Photoshop usadas para alterar as imagens: uma ferramenta permite fazer ajustes na exposição, contraste e saturação, outra ferramenta permite deformar objetos e rostos, outra permite a edição de objetos e manchas e outra ainda permite clarear ou escurecer áreas específicas.

Há também ferramentas mais gerais de cropping, adicionando uma vinheta e de pintura. Se já usou o Photoshop antes, vai reconhecê-las como uma boa parte das características fundamentais que aparecem na barra de ferramentas da aplicação padrão. Não é tudo – longe disso -, mas são a maioria das ferramentas que um utilizador irá usar.

A app funcionou surpreendentemente bem, mesmo correndo no meu iPad mini de 2012. Eu espero que qualquer pessoa com um iPad ou iPhone mais recente não tenha também nenhuma dificuldade.

Uma versão do Android está para “breve”

Artigo anteriorTurista suíço paga mais de 900 euros por viagem de táxi que custaria 35 em Hong Kong
Próximo artigoChelsea reitera confiança em José Mourinho

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui