Início Economia Portugal é o país que desinvestiu mais em Educação na última década

Portugal é o país que desinvestiu mais em Educação na última década

1483
0

De acordo com os dados divulgados pela Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Económico (OCDE), publicados esta terça-feira pelo Jornal de Negócios, no total de despesa pública, os gastos do Estado com a Educação pesavam 12,5% em 2000 e 10,7% em 2011. Deste modo, Portugal é o país da União Europeia que menos investiu em Educação, desviando verbas públicas para outras áreas neste período.

O corte de 1,8%, entre o ano de 2000 e 2001, está acima de qualquer outro país da União Europeia (UE). Segue-se a França com 1,5%. Dos países pertencentes à OCDE, apenas o México registou uma quebra superior à de Portugal com 3%. Ainda assim, é preciso ter-se em conta que a “fatia” dedicada à Educação neste país é de 20,5%.

Em 2011, tanto a despesa pública com Educação em percentagem do Produto Interno Bruto (PIB), como a despesa total com Educação – incluindo privados – em percentagem do PIB caíram face ao ano anterior em Portugal. Estes dados dizem respeito ao relatório “Edication at a Glance 2014”.

Publicidade

Apesar de os custos diretos das famílias portuguesas com a Educação estarem abaixo da média da OCDE e da UE, no Ensino Superior, Portugal continua a ser dos países da EU com maior fatia de despesa privada (31,4%), tendo esta fatura crescido 23,9% na última década.

Em todos os níveis de ensino, os gastos anuais por aluno caíram de 2000 para 2011. Uma vez que os autores do relatório afirmam que os salários dos professores caíram cerca de 16%, crê-se que a despesa com Educação em Portugal terá voltado a cair.

Artigo anteriorMoto GP3: Miguel Oliveira vence Grande Prémio de Aragão
Próximo artigoNovos caminhos para aprender

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui