Início Culturas Museu de Arte Contemporânea da Madeira muda de lugar e denominação

Museu de Arte Contemporânea da Madeira muda de lugar e denominação

1500
0

O Museu de Arte Contemporânea da Madeira vai mudar de casa e denominação, abandonando a histórica Fortaleza de São Tiago (Funchal) para ocupar o moderno edifício Casa das Mudas, no concelho da Calheta, a partir de 8 de outubro.

“A ideia foi dar mais condições à coleção de arte contemporânea da Região Autónoma da Madeira, que tem perto de 400 peças.

O atual edifício não tem capacidade nem as condições necessárias”, disse à agência Lusa a diretora regional da Cultura madeirense.

Publicidade

Carina Bento salientou que o atual espaço do Museu de Arte Contemporânea, na fortaleza, na zona este do Funchal, instalado em 1992, conseguiu, “com enormes dificuldades financeiras, cumprir de forma muito correta” o seu papel, mas não deixava de ter limitações “do ponto de vista das condições de ambiente”.

“Estamos a falar de uma fortaleza, uma construção de 1614, e, por muito que adapte com ares condicionados, não é um edifício pensado de raiz para espaço expositivo no sentido de arte contemporânea”, sublinhou a responsável.

Por isso, no âmbito da “aposta de descentralização cultural” do atual Governo da Madeira, este núcleo composto por obras de aproximadamente cem artistas plásticos, desde a década de 1960 até aos dias de hoje, vai mudar-se para o Centro Cultural – Casa das Mudas, passando a estar a uma distância condução de 35 quilómetros (cerca de 40 minutos).

Artigo anteriorNovos caminhos para aprender
Próximo artigoFestival de paraquedismo reúne campeões mundiais em Portimão

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui