Início Futebol Liga Portuguesa Rúben Amorim quer Sporting a “atirar-se de cabeça” para vencer FC Porto

Rúben Amorim quer Sporting a “atirar-se de cabeça” para vencer FC Porto

56
0
Foto: D.r./ Sporting CP

O treinador do Sporting, Rúben Amorim, afirmou hoje que a equipa tem de entrar sem medo e com agressividade se quiser vencer o FC Porto este sábado em jogo da quarta jornada da I Liga de futebol.

Rúben Amorim, que falava em conferência de imprensa de antevisão ao encontro com os campeões nacionais, reconheceu que os ‘dragões’ têm fatores muito fortes e admite que para os contrariar o Sporting tem de “entrar de cabeça” no jogo.

“O Sporting tem de igualar a intensidade do FC Porto para o conseguir anular. Conhecemos bem a equipa do FC Porto. O Sporting tem de se atirar de cabeça, não ter medo de nada e jogar com muita agressividade. Isso vai ser determinante para o jogo de amanhã [sábado]”, afirmou.

Publicidade

A paragem do campeonato para os jogos da seleção permitiu ao Sporting recuperar alguns jogadores e entrosar os reforços, nomeadamente João Mário, mas frente aos ‘azuis e brancos’ Rúben Amorim vai continuar sem poder contar com Borja, que continua positivo à covid-19, nem com Quaresma, que se lesionou na seleção.

Sem querer revelar a ponta do véu sobre quem será titular diante do FC Porto, o treinador confirmou que João Mário, apesar de convocado, não alinhará de início porque “está há muito tempo parado e ainda tem de conhecer os colegas”.

No que toca ao momento que ‘leões’ e ‘dragões’ atravessam, Rúben Amorim salienta que a saída de Alex Telles e Danilo não enfraquece o FC Porto até porque “há jogadores do FC Porto que têm mais jogos na Europa que jogadores do Sporting no campeonato nacional”.

“São equipas diferentes e vivem momentos diferentes. O FC Porto foi duas vezes campeão em três anos e nós estamos a formar uma base. Quem vencer o jogo vai estar melhor. Vejo o FC Porto forte. O Sporting está em crescendo na qualidade, mas vai estar preparado para vencer o jogo”, disse.

No que ao mercado diz respeito, Rúben Amorim afiança que desde o final da época passada estava prevista a saída e a entrada de muitos jogadores e que em relação aos que ficaram por colocar, como têm contrato com o Sporting se for necessário irão a jogo.

“No fundo contratámos jovens talentos do campeonato nacional. Estou contente com os jogadores que fomos buscar, porque fizemos a lista de reforços há muito tempo. Na minha cabeça está muito claro os jogadores que quero e se não os consigo mais vale apostar na formação. Há jogadores que não arranjaram colocação e que ficaram cá. Se o Sporting entender terão de jogar”, rematou.

Sporting e FC Porto, que dividem o quinto lugar com seis pontos, embora os ‘leões’ tenham um jogo a menos, defrontam-se este sábado no Estádio José Alvalade, às 20:30 horas, em jogo da quarta jornada da I Liga que será arbitrado por Luís Godinho, da associação de futebol de Évora.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.