Início Futebol Transferencias João Mário regressa ao Sporting por empréstimo do Inter de Milão

João Mário regressa ao Sporting por empréstimo do Inter de Milão

124
0
Foto: Pedro Zenkl / Sporting CP

O internacional português João Mário vai regressar ao Sporting por empréstimo do Inter de Milão, anunciou hoje o clube português de futebol, regressando ao emblema que o formou e por quem jogou até 2016.

“João Mário é o mais recente reforço da equipa principal de futebol do Sporting para 2020/2021. O médio chega a Alvalade por empréstimo de um ano dos italianos do FC Internazionale Milano e volta a vestir a camisola que utilizou durante mais de dez anos”, pode ler-se no comunicado ‘leonino’.

Citado em comunicado, o médio de 27 anos explicou ter sensações “ótimas” no regresso a um sítio onde foi “feliz” e onde quer “voltar a ser feliz”. “Para mim, é uma grande honra voltar a esta casa que conheço bem”, atirou.

Publicidade

A “relação próxima” com o presidente dos lisboetas, Frederico Varandas, também foi um dos fatores na mudança, depois de o dirigente ter feito, revelou, “um grande esforço” para este regresso quatro anos após a saída.

“Só trabalhei com o ‘Seba’ [Coates]. Conheço também o Luís Neto da seleção. O treinador é diferente e gosto daquilo que tenho visto. Plantel jovem, treinador jovem com excelentes ideias. Não tenho dúvidas que me vou adaptar muito bem, porque me identifico bastante com o projeto”, afirmou.

João Mário volta ainda a vestir o número 17, que utilizou na primeira passagem pelo clube, depois de quatro anos no estrangeiro em que aprendeu “bastante”, procurando agora apoiar os “tantos jovens com tanta qualidade na primeira equipa”.

O médio saiu para os italianos no início da época de 2016/17, por 40 milhões de euros, mas não se conseguiu afirmar na equipa transalpina, que o emprestou por duas vezes, em 2017/18 ao West Ham e em 2019/20 ao Lokomotiv Moscovo.

Pelos ‘leões’, o campeão europeu pela seleção em 2016 cumpriu um total de 93 jogos, marcando 13 golos, tendo também jogado pela formação secundária e por empréstimo no Vitória de Setúbal em Portugal.

Na equipa principal dos ‘verdes e brancos’, conquistou uma Taça de Portugal em 2014/15 e a Supertaça em 2015.

Na saída, tornou-se então no jogador ‘leonino’ mais caro de sempre, ao ser transferido por 40 milhões de euros, um recorde que se manteve até janeiro deste ano, com a venda de Bruno Fernandes para o Manchester United, além de seguir no ‘top 10’ dos mais caros do campeonato português.

Em Milão, não foi feliz e, após época e meia sem se impor, num período em que os ‘nerazurri’ contrataram vários treinadores, saiu para o West Ham, recuperando a forma em Inglaterra a caminho do Mundial2018, em que marcou presença.

A temporada 2018/19 voltou a trazer menor fôlego no Inter, que o emprestou, depois, aos russos do Lokomotiv, voltando agora ‘a casa’.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.