Início Mundo África OMS faz apelo para aumento do acesso da população mais vulnerável a...

OMS faz apelo para aumento do acesso da população mais vulnerável a cuidados

92
0
As Nações Unidas estão a implementar o Plano Global de Resposta Humanitária à covid-19 para combater a pandemia em países que enfrentam situações humanitárias.
A Organização Mundial de Saúde (OMS) pediu hoje um maior acesso aos cuidados, testes e deteção de covid-19 da população mais vulnerável e que luta contra o impacto dos conflitos prolongados e emergências humanitárias em África.

A título de exemplo, a OMS lembra que, no Burkina Faso, 110 estabelecimentos de saúde foram encerrados devido à insegurança, enquanto os serviços foram prejudicados em outros 186, deixando cerca de 1,5 milhões de pessoas sem cuidados de saúde adequados.

Nas regiões centro e norte do Mali, os serviços de saúde têm sido paralisados por ataques persistentes. Só em 2019, foram relatados 18 ataques a instalações de saúde. Já este ano registou-se um ataque a um centro de saúde.

Em cenários muito populosos, como os campos de refugiados, o risco de transmissão da covid-19 é maior devido ao difícil acesso a água limpa, levando a uma higiene inadequada, é à dificuldade em manter o distanciamento físico.

Publicidade

O sistema das Nações Unidas ativou “clusters” de saúde em oito países onde a situação humanitária requer o apoio da comunidade internacional: Burkina Faso, República Centro Africana, Chade, República Democrática do Congo, Etiópia, Mali, Níger e Sul do Sudão.

Fonte: Lusa

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.