Início Comunidades Covid-19: Dia de Portugal nas comunidades com programa especial “Portugal no Mundo”

Covid-19: Dia de Portugal nas comunidades com programa especial “Portugal no Mundo”

194
0

O Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) disse hoje que, face ao contexto da pandemia de covid-19, foi necessário “adaptar” as comemorações do 10 de Junho junto das comunidades portuguesas, marcadas por uma edição especial do programa “Portugal no Mundo”.

De acordo com um comunicado emitido hoje pelo MNE, a edição especial do programa “Portugal no Mundo” será “transmitida em simultâneo na RTP Internacional e na RTP1, no final da manhã e durante o período da tarde do dia 10 de junho”.

“As comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas na rede diplomática e consular contam com uma atenção particular à evocação da diáspora portuguesa e da sua importância”, referiu a nota do ministério liderado por Augusto Santos Silva.

Publicidade

Mas, “atendendo à situação excecional com que o país e mundo se deparam”, a nota adiantou que “foi necessário adaptar as comemorações da rede ao contexto de restrições vivido na maior parte dos países, procurando-se assegurar, apesar de todas as limitações, um modelo de alcance global que permitisse levar a celebração do Dia de Portugal a todos os postos e ao maior número de portugueses e lusodescendentes possível”.

Com esse objetivo, o MNE propôs à Rádio e Televisão de Portugal uma colaboração para assinalar o Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas.

“Essa parceria materializar-se-á numa edição especial do programa ‘Portugal no Mundo’”, afirmou o ministério, acrescentando que será transmitido em simultâneo na RTP Internacional e na RTP1 no final da manhã.

Esta emissão será também disponibilizada em ‘streaming’ na plataforma RTP Play e será partilhada pelas páginas e redes sociais das missões diplomáticas e consulares portuguesas no estrangeiro, adiantou.

Ainda de acordo com o comunicado do MNE, a emissão especial do programa “Portugal no Mundo” contará com mensagens institucionais, dirigidas à diáspora, testemunhos de cidadãos nacionais e lusodescendentes de diferentes áreas.

O programa terá um foco particular nas duas expressões musicais da cultura portuguesa reconhecidas pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO) como Património Cultural Imaterial da Humanidade: o fado e o cante alentejano.

“Apesar das limitações impostas pelo momento, alguns postos da rede diplomática portuguesa complementarão as comemorações do Dia de Portugal de Camões e das Comunidades Portuguesas com iniciativas culturais de âmbito local”, revelou a nota do MNE.

Desde 1978 que as “comunidades portuguesas” são associadas ao Dia de Portugal, “reflexo do reconhecimento do seu significado” para o país, da “valorização da sua ligação ao país de origem e do contributo que podem dar enquanto presença portuguesa no estrangeiro e do papel que desempenham nas relações entre os povos”, destacou o ministério de Santos Silva.

A comunidade portuguesa no mundo conta com 5.315.824 pessoas, cujos principais países de fixação são: Estados Unidos da América, Brasil, França, Canadá, Suíça, Venezuela, Reino Unido, África do Sul, China (incluindo Macau e Hong Kong) e Alemanha.

Segundo os dados apurados pelo Banco de Portugal, em 2018, as remessas dos emigrantes portugueses corresponderam a cerca de 1,8% do Produto Interno Bruto (PIB) português.

O movimento associativo nas comunidades portuguesas no mundo conta já com 2.013 associações, e foi apoiado, em 2019, em mais de 588 mil euros e o Governo perspetiva que estes valor subam para 627 mil euros.

Considerando que a língua portuguesa “é um elo fundamental” de ligação do país às comunidades portuguesas, o MNE salienta a função do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua como responsável pela coordenação e articulação da política externa do Governo nas áreas da cooperação internacional e da promoção da língua e cultura portuguesas.

Através do instituto, a língua portuguesa é ensinada em 76 países e, em 2019, a rede do ensino de português no estrangeiro abrangeu 1.477 escolas e 70.920 alunos, apenas nos níveis de ensino pré-escolar, básico e secundário.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou perto de 391 mil mortos e infetou mais de 6,6 milhões de pessoas em 196 países e territórios.

Mais de 2,8 milhões de doentes foram considerados curados.

Em Portugal, morreram 1.465 pessoas das 33.969 confirmadas como infetadas, e há 20.526 casos recuperados, de acordo com a Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.