Início Comunidades 10 Junho: Data atiça chama de portugalidade a lusodescendentes do Canadá –...

10 Junho: Data atiça chama de portugalidade a lusodescendentes do Canadá – conselheiro

245
0

O conselheiro das comunidades portuguesas no Canadá, Daniel Loureiro, disse hoje à Lusa que datas como o Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas “acabam por marcar e cativar os filhos dos emigrantes portugueses”

“Estes momentos acabam por atiçar nos jovens uma chama qualquer que possam ter sobre uma portugalidade, uma afirmação de Portugal no estrangeiro. Este pode ser um momento chave num jovem(…). Há que aproveitar”, afirmou Daniel Loureiro.

Estas datas, reforçou, fazem com que os jovens apareçam “e sintam orgulho em querer ser português”.

Publicidade

Nesse sentido o luso-canadiano acredita que há uma “mudança no paradigma” no que diz respeito a um maior envolvimento dos lusodescendentes junto da comunidade portuguesa.

O conselheiro das comunidades portuguesas em Montreal começou às 10:00 da manhã de quarta-feira, o seu direto através da rede social Facebook, a celebrar o 10 de Junho, terminando depois das 18:00 locais.

Durante a ‘emissão online’ Daniel Loureiro, que é jornalista de profissão, teve convidados dos vários setores, desde a política local e de Portugal, passado por dirigentes associativos e empresários, não esquecendo a cultura.

“A nossa comunidade participou, celebrou o Dia de Portugal de uma forma diferente, virtual. Não se esqueceu deste dia, não passou em branco, porque estamos a viver esta situação (da pandemia)”, sublinhou.

Esta foi uma forma diferente de passar o dia a falar de Portugal, de celebrar as raízes culturais e da afirmação de Portugal “fazendo esquecer o momento da pandemia, nem que seja por um instante”, para celebrar as origens, frisou.

Daniel Loureiro sinalizou que o movimento associativo português de Montreal está a passar por dificuldades financeiras devido à pandemia, pois aquelas organizações têm como ponto forte as suas atividades no verão, mas neste momento ainda existem medidas que limitam o funcionamento das associações.

“Continuam a ter despesas, mas não têm forma de angariar fundos, como sucedia regularmente, especialmente nesta altura do ano, com a organização de festas, jantares e outros eventos, mas como está tudo parado, é difícil para eles”, frisou.

O Governo canadiano calcula que existem no Canadá cerca de 480 mil portugueses, na área metropolitana de Montreal há cerca de 50 mil portugueses.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.