Início Multimédia Covid-19: como melhorar a Internet em sua casa

Covid-19: como melhorar a Internet em sua casa

201
0

Neste período de isolamento em casa, muitas vezes associado a teletrabalho, há que garantir o melhor desempenho possível no acesso à Internet. Fique com as nossas dicas

Muitas pessoas estão a seguir as recomendações das autoridades mantendo-se em isolamento voluntário em casa. O que leva à maior utilização dos acessos à Internet domésticos, seja por razões profissionais (teletrabalho com utilização intensiva de videoconferência), para acesso à informação (sites, redes sociais e televisão digital) ou, simplesmente, por lazer (serviços de streaming como o Neflix e jogos online). Por vezes os utilizadores nem se apercebem que estão a ajudar a saturar as ligações. Por exemplo, boa parte dos canais de televisão já chegam à nossa casa via digital, o que significa que ocupam parte da largura de banda que também é usada para acesso à Internet.

Em seguida apresentamos uma série de dicas e tutoriais para garantir a otimização da sua rede Wi-Fi doméstica.

Publicidade

Cuidado com as aplicações que devoram largura de banda

Quando os recursos são limitados, somos muitas vezes obrigados a fazer escolhas. O que é válido para o acesso à Internet. Se considera que a velocidade do acesso é baixa, tente desativar serviços que não são prioritários. Por exemplo, se precisa de fazer videoconferência por motivos de trabalho, peça aos seus familiares para suspenderem a utilização de serviços que exigem elevadas taxas de transferência (ocupam muita largura de banda).

Os serviços de streaming são especialmente devoradores de largura de banda. Referimo-nos a aplicações como Youtube, Netflix, Hulu, clubes de vídeo online e até serviços de música como o Spotify.

De um outro modo se, numa casa familiar, o Netflix estiver a ser usado num televisor, o Youtube estiver a ser usado num tablet e o Spotify estiver a tocar música num smartphone, é provável que as aplicações de trabalho remoto sejam negativamente afetadas. Há que fazer escolhas.

Controlar o seu router

Boa parte das otimizações da rede passam pela configuração do router – o aparelho que distribui o acesso à Internet lá em casa, normalmente instalado pelo operado. Como cada aparelho tem uma forma diferente de ser configurado, não é possível apresentar informações passo-a-passo detalhadas, mas podemos dar-lhe instruções gerais que facilmente poderá usar para conhecer melhor o seu router.

O primeiro passo é, naturalmente, aceder à configuração do aparelho, o que é feito remotamente (através de um computador ligado à rede criada pelo router). Há diferentes formas de o fazer, mas, em alguns casos (a minoria), é necessário que o computador, que vai ser usado para o acesso e configuração, esteja ligado ao router por cabo de rede. Isto acontece por razões de segurança: deste modo não é possível alterar a configuração através de um acesso Wi-Fi, exigindo a proximidade física.

Num PC com sistema operativo Windows que esteja na rede, inicie a Linha de comandos. Se não encontrar esta aplicação, pressione, em simultâneo, as teclas [Windows]+[R] para abrir a janela Executar. No campo Abrir,digite cmd e pressione a tecla [Enter]. Na linha de comandos (fundo a negro), digite ipconfig e pressione a tecla [Enter]. Poderá ser necessário redimensionar a janela para ver melhor as informações. Procure pela entrada Default Gateway e tome nota do respetivo endereço IP (quatro conjuntos de algarismos). É muito comum a utilização de endereços começados por 192.168. No nosso exemplo, o endereço IP do router (Default Gateway) é 192.168.0.1. Abra um browser e digite este endereço, o que deverá fazer abrir a página de configuração do router. Precisará de um nome de utilizador e palavra-chave. Se não conhece estes dados, procure-os na documentação que acompanha o aparelho ou no próprio router (muitas vezes esta informação está num pequeno autocolante).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.