Início Desporto Ténis Tenista grego Tsitsipas ‘derruba’ Thiem e conquista ATP Finals pela primeira vez

Tenista grego Tsitsipas ‘derruba’ Thiem e conquista ATP Finals pela primeira vez

135
0

O tenista grego Stefanos Tsitsipas conquistou hoje pela primeira vez na carreira as ATP Finals, ao derrotar na final o austríaco Dominic Thiem, tornando-se no mais novo de sempre a vencer a prova desde 2001.

Em Londres, o helénico, de 21 anos e sexto da hierarquia mundial, precisou de duas horas e 36 minutos para triunfar por 6-7 (6-8), 6-2 e 7-6 (7-4) e tornar-se o mais jovem vencedor após o australiano Lleyton Hewitt, há 18 anos, em Sidney, com 20 anos.

Na lista dos vencedores, o grego, campeão em 2018 do ‘Next Gen’, o ‘Masters’ para menores de 21 anos, sucede ao alemão Alexander Zverev, eliminado nas meias-finais por Thiem, que também perseguia a primeira vitória na prova que reúne, no final da temporada, os oito melhores tenistas do ano.

Publicidade

O primeiro parcial não teve quebras de serviço — apesar dos cinco pontos de ‘break, dois para Tsitsipas e três para Thiem -, com o austríaco, quinto jogador mundial, a superiorizar-se num ‘tie-break’ muito equilibrado (8-6), ao segundo ‘set point’.

O sexto jogador mundial não acusou a desvantagem e dominou por completo o segundo ‘set’, ao quebrar de entrada o serviço a Thiem por duas vezes consecutivas. Avançou para 4-0 e selou o triunfo no parcial no seu serviço, por 6-2.

Thiem voltaria a entrar mal no parcial decisivo, ao permitir o ‘break’ logo no terceiro jogo, depois de salvar dois no primeiro, mas, em desvantagem por 3-1, ganhou consecutivamente quatro jogos, com um ‘break’ no sexto, e virou para 4-3.

Os dois jogadores seguraram, depois, os seus serviços, sem enfrentarem sequer pontos de ‘break’ e adiaram a decisão de um embate para um novo ‘tie break’.

No jogo decisivo, Thiem fez o primeiro ponto, mas Tsitsipas respondeu com quatro, incluindo dois ‘mini breaks’ e, com 4-1 e dois serviços à disposição, parecia lançado para o título.

Thiem respondeu, porém, da mesma ‘moeda’ e empatou o ‘tie break’ a quatro, só que, voltou a sofrer novo ‘mini break’ e o grego ficou a ganhar por 5-4 e com dois serviços para ganhar o encontro, que não desperdiçou, para triunfar por 7-4.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.